INVESTIMENTOS

Azul confirma compra de 21 aviões Embraer 195-E2


Divulgação Embraer
Azul e Embraer assinaram um acordo de pedido firme de 21 aeronaves E195-E2. O contrato tem valor de R$ 1,4 bilhão, de acordo com o preço de lista do equipamento. O acordo inicial havia sido divulgado em julho, quando a aérea assinou uma carta de intenção de compra.

A Azul espera operar esses E2s com uma redução de pelo menos 26% no custo por assento comparado com a geração atual de E1s que opera. Adicionalmente, os E2s terão as mesmas especificações de cabine do E1, reduzindo significativamente o custo de treinamento de pilotos.

“Estamos muito felizes com o aumento de nossos pedidos de E2s. Nossa frota de aeronaves da Embraer sempre foi e sempre será fundamental para nossa malha e estratégia de frota. Estamos muito satisfeitos com o nosso atual processo de transformação de frota, principal vetor de expansão de margem nos próximos anos. Dado que 50% de nossos E1s serão devolvidos nos próximo cinco anos, esse novo pedido garante a substituição destas aeronaves por aeronaves de nova geração, mais eficientes na queima de combustível, contribuindo para a contínua redução de nossos custos unitários”, afirmou o CEO da Azul, John Rodgerson, em julho.

Em comunicado, a Embraer destacou que a aérea fundada por David Neeleman será a operadora de lançamento do E195-E2 e que receberá a primeira aeronave em 2019.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA