Alta comemora 40 anos e lança nova identidade visual

|

A Associação Latino Americana e do Caribe de Transporte Aéreo (Alta) completa 40 anos desde a sua fundação em 2020 e, para comemorar sua trajetória em prol da aviação na região, lançou uma nova identidade visual “mais aberta, minimalista e em movimento”. De acordo com a entidade, a perspectiva é de duplicar o tráfego aéreo representado ao longo dos próximos 10 ano. Hoje em dia, 8% da aviação global é latino-americana.

Divulgação
Nova identidade visual da Alta
Nova identidade visual da Alta
“A Alta tem 40 anos de história de serviço ininterrupto, ganhando relevância a cada ano e gerando contribuições para a aviação e para o crescimento econômico e social da região. Com a comemoração, chegou o momento de revisarmos e fortalecermos diante dos novos desafios do futuro. Neste processo, nos demos conta que a nossa identidade corporativa não correspondia 100% à nossa filosofia de trabalho”, explicou o diretor executivo e CEO da Alta, Luis Felipe de Oliveira.

Em sua nova identidade, o mapa da região continua, porém, a paleta de cores foi modificada a fim de representar a variedade e a riqueza da região, assim como “a diversidade da equipe e a amplitude de seus membros”. Foram eliminadas as sombras do mapa, deixando um fundo branco que dá mais destaque à região que busca mais relevância no mercado aéreo global e cresce a uma taxa superior à média global.

Emerson Souza
Luis Felipe de Oliveira, diretor executivo e CEO da Alta
Luis Felipe de Oliveira, diretor executivo e CEO da Alta
Também foi acrescentado um avião verde que nasce na América Latina e dá a volta ao mundo. De acordo com a associação, a cor está ligada ao meio ambiente e ao forte compromisso da indústria em relação ao tema, sendo considerado um compromisso que determinará o futuro da aviação.

“Cada avião que decola gera mais vendas para os fabricantes de aeronaves, de peças, companhias de manutenção e de combustível, mais taxas para os aeroportos, mais turistas e renda para os países. A aviação é um grande ecossistema e a nossa missão na Alta é advogar pelas melhores condições para que toda a cadeia de valor possa se desenvolver juntamente de forma segura, eficiente e responsável com o meio ambiente”, concluiu Luis Felipe de Oliveira.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA