United terá novos destinos e mais frequências em hubs nos EUA

|


Divulgação
Lista de destinos inclui a época de verão europeu
Lista de destinos inclui a época de verão europeu
A United Airlines revelou uma ampliação de voos nos seus hubs de Chicago, Denver, Nova York (Newark) e São Francisco, nos Estados Unidos. Entre as novidades, haverá serviços inéditos para Nice, na França, Palermo, na Itália, e Curaçao, no Caribe.

A empresa terá também voos adicionais para Amsterdã, Londres, Frankfurt e Zurique, além do retorno do serviço sazonal de verão mais cedo para destinos como Atenas, Nápoles, Porto e Barcelona. Em paralelo, houve um aumento na oferta da rota São Paulo-Houston em 25%. "Estamos sempre procurando maneiras de expandir nossa rede para conectar nossos clientes a mais destinos em todo o mundo", afirma o vice-presidente da Rede Internacional da United, Patrick Quayle.

NOVAS ROTAS
O aeroporto de Nova York (Newark) ganhará ligação com três novos destinos. Como opção para fugir da época de frio, a companhia acrescentou Curaçao na sua lista de destinos no Caribe. A rota será operada aos sábados, a partir de 7 de dezembro, com aeronaves Boeing 737-700, em operação ainda sujeita à aprovação do governo.

A partir de 2 de maio de 2020 começam as ligações diárias e sem escalas entre Nova York e Nice, porta de entrada para a Riviera Francesa, em Boeing 767-300ER, com 46 lugares na classe executiva Polaris.

Além disso, a partir de 20 de maio a United será a única companhia aérea a oferecer serviços diários ininterruptos entre os Estados Unidos e Palermo, na Itália, a capital da Sicília e o quinto destino italiano da companhia (também ainda em processo de aprovação pelas autoridades).

VERÃO EUROPEU 2020
A United ampliará seus serviços sazonais entre Nova York (Newark) e Atenas, na Grécia, Nápoles, na Itália, e Porto, em Portugal, e entre Washington e Barcelona, na Espanha. A companhia retomará o serviço um mês antes entre Nova York e Porto, em 28 de março de 2020. Retomará também o serviço de Nova York a Atenas e Nápoles e entre Washington e Barcelona duas semanas antes, em 8 de maio do próximo ano.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA