NOVAS ROTAS

Qantas testa amanhã o voo mais longo do mundo: NY-Sydney


Empresa realiza nesta sexta-feira um voo de 20 horas
Empresa realiza nesta sexta-feira um voo de 20 horas
A companhia aérea Qantas se prepara para realizar o voo mais longo do mundo, de 20 horas, entre Nova York (JFK), nos Estados Unidos, e Sydney, na Austrália, nesta sexta-feira (18). Com isso, a empresa vai superar a rota sem escalas da Singapore Airlines, de Cingapura para Newark (Nova Jersey), que dura 18 horas e meia. As informações são do portal Business Insider.

Hoje não é possível realizar um voo direto comercialmente viável, pois nenhuma aeronave consegue realizar esta rota com capacidade total de passageiros e cargas. Modelos da Airbus e Boeing, que teriam essa capacidade, ainda estão em desenvolvimento.

Para o voo teste, com apenas 50 passageiros convidados, a Qantas vai utilizar um Boeing 787-9 Dreamliner, que voará direto de Seattle, sede da Boeing, para Nova York. A rota até Sydney tem quase dez mil milhas, o equivalente a 16 mil quilômetros. A empresa vai decidir até o final do ano se utilizará uma aeronave da Airbus ou Boeing no serviço comercial, que deve começar em definitivo no ano de 2022. Está em análise também uma rota entre Sydney e Londres, no Reino Unido, cujo voo teria uma hora de duração (ou 500 milhas) a mais.

Além disso, pesquisadores da Universidade de Sydney vão monitorar padrões de sono, consumo de alimentos e bebidas, iluminação e movimento físico, já que as 20 horas de voo podem gerar efeitos colaterais.


*Fonte: Business Insider

conteúdo original: https://bit.ly/2VRVLcA
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA