NOVAS ROTAS

Agência europeia pede que aéreas evitem sobrevoar o Irã

Unsplash
A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (Easa) recomendou nesta segunda-feira que companhias aéreas evitem sobrevoar o espaço aéreo do Irã. Isso acontece depois de o país ter assumido que derrubou acidentalmente o avião da Ukraine Airlines, que deixou 176 mortos, na última semana.

Segundo informações da CNN, a agência decidiu reavaliar o risco de voos comerciais sobre o Irã junto com a Comissão Europeia.

"A recomendação atual é que voos de qualquer altitude sobre o Irã sejam evitados como medida de precaução até segunda ordem", afirmou o porta-voz da Comissão Europeia, Stefan de Keersmaecker. Uma nova avaliação vai ser feita nesta semana a fim de saber se a ordem será mantida ou não para os próximos dias.

Na semana passada, a FAA, a agência americana de aviação, proibiu companhias aéreas dos Estados Unidos de sobrevoar o Irã, Iraque e os golfos Pérsico e de Omã.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA