PARCERIAS

Abear defende abertura irrestrita da aviação para capital

Por meio de um comunicado oficial, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) defendeu a abertura irrestrita da aviação brasileira para o capital estrangeiro. De acordo com os associados, tal medida “ampliará a competição, sendo extremamente benéfica para a economia do País e para o consumidor”.

Pixabay
Ainda segundo a entidade, é fundamental que a Medida Provisória 863/2018 seja aprovada sem as emendas incluídas recentemente, uma vez que tais alterações “contradizem o espírito da própria MP, afastando investidores e novas empresas aéreas do Brasil”.

“O texto aprovado na comissão mista do Congresso Nacional, ao pretender obrigar as empresas a operar parte de seus voos em rotas regionais e revogar o modelo praticado em todo o mundo em relação à política de bagagem, compromete o modelo de negócio das companhias que queiram operar no País”, diz o comunicado.

Na última semana, a Azul anunciou sua saída da Abear, alegando maior necessidade de independência na representação de seus interesses diretos. Avianca, Gol, Latam, Map, Passaredo e Tap seguem associadas.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora