O brasileiro já pode entrar em Portugal? Tire suas dúvidas

|

Alex Souza
Lisboa
Lisboa
A notícia de que Portugal agora exige o teste RT-PCR negativo para covid-19 de todos os passageiros embarcando no Brasil, divulgada esta semana pela TAP Portugal, gerou algumas dúvidas nos leitores do Portal PANROTAS e fomos tentar esclarecê-las com a companhia.

Confira abaixo:
Portal PANROTAS – O brasileiro que não tem dupla cidadania de um país da União Europeia pode entrar em Portugal apresentando o exame negativo exigido?
TAP – Se ele tiver residência fixa na Europa sim, ou estiver entre as exceções previstas (consulte o mapa interativo do Re-Open em https://reopen.europa.eu/pt/map/PRT). Entre as exceções estão cidadãos de países terceiros que viajam para fins profissionais, estudos, reuniões familiares, razões de saúde e humanitárias e sob o princípio da reciprocidade (na qual o Brasil se encaixa, pois as fronteiras aéreas estão abertas) . Apenas o teste RT-PCR negativo não garante o embarque para Portugal.

PP – Há restrições para viagens de lazer de brasileiros a Portugal ou só são permitidas viagens de negócios ou para visitar familiares?
TAP – Nesse momento viagens de lazer para brasileiros que não possuem dupla cidadania não estão autorizadas. As exceções são os casos de viagens de negócios, por motivos de saúde, por motivos de visita a familiares etc.

PP – Qual a quantidade de voos da TAP por cidade no Brasil? Pode detalhar o número de voos em cada cidade, mesmo as previsões para setembro?
São Paulo-LIS: Diário
Rio de Janeiro: 4 voos semanais, sendo trêss para LIS e 1 para OPO.
Recife: 2 voos semanais
Fortaleza: 2 voos semanais
Belo Horizonte: 2 voos semanais

PP – Qual o perfil dos passageiros hoje? Mais europeus? Mais conexões em Lisboa?
TAP – Não temos essa informação detalhada, mas, em geral, são cidadãos europeus, principalmente portugueses e brasileiros que possuem residência em Portugal ou uma segunda nacionalidade europeia.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA