Bélgica reabre para vacinados, mas certificado brasileiro não é aceito

|

A Bélgica já está aberta para viajantes totalmente vacinados. No entanto, o certificado brasileiro de vacinação ainda não é aceito no país, segundo informou o Consulado do país em São Paulo. Visitantes com o esquema vacinal completo e com certificados aprovados não necessitam apresentar teste negativo para a covid-19 e não precisam ficar em quarentena ao chegar no destino.

Divulgação/ Visit Bruges
Bélgica reabre para vacinados, mas certificado de vacinação brasileiro não é aceito
Bélgica reabre para vacinados, mas certificado de vacinação brasileiro não é aceito
O certificado de vacinação deve ser reconhecido a partir de 1 de julho de 2021. Viagens não essenciais continuam proibidas para pessoas que não estejam completamente imunizadas e que não sejam nacionais da União Europeia e nem de um país que faça parte do Espaço Schengen – o que é o caso do Brasil.

Segundo o órgão, “totalmente vacinado” significa ter sido imunizado com uma vacina aprovada pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) ou Covishield e para a qual todas as doses da vacina previstas no folheto foram administradas pelo menos duas semanas antes da viagem.

Além disso, o certificado de vacinação reconhecido diz respeito ao Certificado Digital COVID da UE ou um certificado de um país terceiro considerado equivalente pela Comissão Europeia com base no ato de execução ou pela Bélgica com base em acordos bilaterais. Antes de viajar, é indicado verificar que o certificado de um país terceiro seja equivalente em diplomatie.belgium.be/em.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA