Hotéis de praia chegam a 80% de ocupação nos Estados Unidos

|

Site do Visit Myrtle Beach
Site do Visit Myrtle Beach
Dados da STR para a semana de 6 de junho mostram que destinos de praia nos Estados Unidos têm tido ótima ocupação hoteleira nos finais de semana. Myrtle Beach, na Carolina do Sul, um famoso balneário procurado por turistas americanos, teve 83,4% de ocupação média. Praias e parques naturais são as procuras do americano nesse período pós-quarentena, para passar momentos ao ar livre com a família.

Outros destinos com alta ocupação incluem Knoxville, no Tennessee, que tem muitas opções de atividades ao ar livre, e que ficou com quase 70% de aproveitamento; além de Maryland, Mississippi e Norte da Louisiana, com mais de 62%. Todos destinos fortes com turistas domésticos.

A média do país nessa semana ficou em 40%, abaixo dos 45,6% da China e acima dos 16,6% da Europa, que teve sua primeira semana em recuperação, devido à reabertura da Alemanha, Itália e Espanha.

Os hotéis nos Estados Unidos que sofreram maior queda nas tarifas foram os urbanos de luxo. Em abril, a queda na hotelaria americana havia sido de 79%. Em maio, de 70%, mostrando já uma recuperação, que deve ser maior em junho, especialmente com a retomada dos voos. A semana de 6 de junho registrou venda de 13,5 milhões de room nights e segundo a TSA 2,4 milhões de passageiros passaram pelos aeroportos americanos.

Confira a análise completa em https://str.com/pt-br/node/2169.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA