ALTERNATIVO

Jalapão vira aposta da Schultz como destino para 2020

Cerca de 200 quilômetros distante de Palmas, no Tocantins, o Parque Estadual do Jalapão vem caindo cada vez mais no gosto do Turismo brasileiro. Durante o 3º Encontro Comercial Schultz, realizado em Curitiba, o destino ganhou um destaque entre as tendências turísticas nacionais para 2020, com a operadora impulsionando a empresa Jalapão 100 Limites como fornecedora para viagens pela região.

Marcel Buono
Cleib Filho, proprietário da Jalapão 100 Limites, palestrou durante 3º Encontro Comercial Schultz, em Curitiba
Cleib Filho, proprietário da Jalapão 100 Limites, palestrou durante 3º Encontro Comercial Schultz, em Curitiba
“Somos o receptivo mais estruturado do Tocantins e temos capacidade para receber turistas de todo o Brasil e de outros países do mundo, tanto que já contamos com guias que falam diversas línguas para facilitar a comunicação de viajantes estrangeiros. Hoje, estamos em primeiro lugar entre as avaliações do Tripadvisor e já levamos mais de 4,5 mil pessoas para conhecerem as maravilhas do Jalapão”, contou o responsável pela Jalapão 100 Limites, Cleib Filho.

“Contamos com uma frota de 10 veículos próprios off-road e sempre viajamos em comboio para, caso seja necessário, termos suporte imediato. Oferecemos circuitos de seis ou sete dias, mas já estamos desenvolvendo uma opção de nove dias para atrair, principalmente, o Turismo internacional para a região. Recebemos os clientes em Palmas, onde é possível fazer um pernoite, e seguimos para o roteiro em direção ao parque estadual”, continuou Cleib.

LEIA TAMBÉM
Europamundo revela quatro novas rotas para 2020
Schultz quer vender R$ 12 milhões por mês em 2020
Schultz pede persistência no Turismo e reforça Portugal

De acordo com o proprietário da Jalapão 100 Limites, os atrativos da região englobam pessoas de todas as idades, porém, é preciso deixar claro no momento da venda que se trata de um destino de ecoturismo, com opções de trekkings e trilhas em meio à natureza e sem grandes mordomias. Uma delas, que parte de Mateiros, começa de madrugada e permite a apreciação do Sol nascendo na Serra do Espírito Santo. Apenas neste caso não é recomendada a ida de idosos.

Divulgação Embratur
Fervedouros são um dos grandes destaques do Jalapão
Fervedouros são um dos grandes destaques do Jalapão
“Oferecemos uma experiência única, mais raiz, de Turismo, mas nossas trilhas são limpas, sem mata fechada, até mesmo porque o Jalapão fica em uma região de Cerrado. Temos animais selvagens, mas nunca tivemos problemas relacionados a isso, nem picadas de cobras, por exemplo. Ao mesmo tempo, os visitantes ainda podem experimentar um pouco da cultura local, com visitas a comunidades quilombolas onde o artesanato baseado em capim dourado aparece como um grande diferencial”, informou Cleib.

Conhecido pelos seus fervedouros, nos quais é possível boiar na água, o Jalapão oferece tantas opções do tipo que a empresa destacada pela Schultz tem até uma exclusiva para os seus clientes. Segundo Cleib, o fervedouro próprio possibilita uma experiência mais intimista e tranquila, uma vez que outras fontes naturais têm maiores limitações de tempo e pessoas.

A PANROTAS viaja a convite da Schultz.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA