Gastronomia inicia série de eventos B2B e B2C da Braztoa em SP

|


Jhonatan Soares
Presidente da Braztoa, Magda Nassar faz abertura de evento na capital paulista
Presidente da Braztoa, Magda Nassar faz abertura de evento na capital paulista
Começa hoje, no Unibes Cultural, em São Paulo, uma série de eventos da Braztoa abertos ao trade e ao público final. A primeira etapa é o Braztoa Desvenda: Viagens Gastronômicas. Neste encontro inicial, o objetivo da associação é mostrar como a gastronomia influencia na escolha de destino dos consumidores e o que há de novo, atraente e simbólico neste mercado.

“Fizemos uma pesquisa e descobrimos que 60% dos viajantes tiram foto de comida e 83% acreditam que as experiencias gastronômicas ajudam a criar memórias inesquecíveis dos destinos, sendo que grande parte do orçamento dos turistas é gasto com comida”, explica a presidente da Braztoa, Magda Nassar. “Temos um DNA muito forte de conectividade com empresas, pessoas e governo, sendo uma associação sustentável em várias esferas”, destaca a executiva, que destacou também os eventos da Experiência Braztoa, criada há quatro anos para capacitar profissionais do Turismo sobre novos produtos e experiências de viagens.

A programação no Unibes Cultural seguirá com o Braztoa Desvenda: Viagens Inovadoras, no dia 5 de setembro. Em 9 de outubro, em parceria com a PANROTAS, é a vez do Experiência LGBTravel, com foco na diversidade, e promete ser um encontro inovador para o nicho em território nacional. A lista de eventos será encerrada com o Braztoa Desvenda: Cruzeiros Marítimos, em 13 de novembro, e todos os eventos acontecem das 14h às 20h, com inscrição gratuita.

“No ano passado, tivemos US$ 8,3 trilhões em consumo de Turismo, segundo a OMT, e isso representa 10,4% do PIB global. Já no Brasil, foram US$ 163 bilhões e uma parcela de 7,9% do PIB com 6,59 milhões de empregos gerados. Cerca de 60 atividades são impactadas pela compra e venda dos nossos serviços, como artesanato, gastronomia, cartão de crédito e, em todos os lugares em que nos locomovemos, a gente causa impacto.”
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA