COMER E BEBER

Gramado (RS) ganha primeiro parque de olivicultura do Estado

Divulgação
A propriedade conta com mais de 150 hectares e dez mil mudas de oliveiras
A propriedade conta com mais de 150 hectares e dez mil mudas de oliveiras
Gramado recebe o seu primeiro parque de olivicultura do Rio Grande do Sul: o Olivas de Gramado. A propriedade reúne em um mesmo empreendimento turismo rural, fazendinha, pomar, horta orgânica, bistrô, loja com grife e busca oferecer uma experiência diferenciada, com visita à plantação de oliveiras e tour pela fábrica de azeite. Em fase de finalização, a propriedade abrirá as portas para o público até o fim do ano.

O espaço conta com mais de 150 hectares e dez mil mudas de oliveiras plantadas. Localizado na área rural da cidade da Serra Gaúcha, o Olivas de Gramado buscar engrandecer hábitos, paisagens e identidade do estilo de vida do interior.

“Queremos resgatar a história e a essência de Gramado trazendo o turista para a região rural onde a cidade começou em um empreendimento inédito e pioneiro no setor de turismo e olivicultura”, explica o empresário que está à frente do negócio, Daniel Bertolucci.

Os visitantes poderão desfrutar de passeios pelo parque entre pomares com 100 espécies de árvores frutíferas nativas e exótica, horta orgânica, viveiro de plantas, fazendinha com animais de pequeno porte e realizar piqueniques, trilhas e passeio de jardineira. A gastronomia fica por conta do Bistrot Olivas de Gramado irá oferecer um cardápio elaborado para almoço e jantar, bem como carta de bebidas.

Além do plantio de oliveiras e das atrações, o parque também dedica boa parte de sua área à preservação ambiental e contemplação. Mais de 90 hectares são de Área de Preservação Permanente (APP) preservadas, monitoradas e com visitação por via de trilhas ecológicas com acompanhamento de guias, para que o ecossistema se mantenha inalterado.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA