ENTRETENIMENTO

Museu de NY terá exposição com 700 objetos do Holocausto


Divulgação/ Museum of Jewish Heritage
Campos de concentração foram espaço de bárbarie
Campos de concentração foram espaço de bárbarie
O Museu da Herança Judaica de Nova York, nos Estados Unidos, planeja a exposição mais abrangente na América do Norte sobre o holocausto nos campos de concentração de Auschwitz. A iniciativa é resultado de uma parceria com o Auschwitz-Birkenau State Museum, da Polônia, e a empresa de exibições Musealia, reunindo mais de 700 objetos originais e 400 fotografias.

Chamada de Auschwitz. Not long ago. Not far away, a exposição será aberta em 8 de maio e ficará disponível até 3 de janeiro de 2020. A curadoria foi realizada por equipe internacional de especialistas, liderada pelo historiador Robert Jan van Pelt.

O objetivo é explorar a identidade dupla do campo como um local físico, já que é o maior local de assassinato em massa documentado na história da humanidade, e como símbolo da manifestação de ódio e barbárie humana.

EM ALTA
A cidade de Nova York bateu recorde no número de turistas recebidos em 2018. Foram 65,2 milhões de visitantes, sendo 13,5 milhões de fora dos Estados Unidos. O Brasil apareceu entre os primeiros colocados no ranking com 920 mil visitas.

A presidente da Interamerican Network, Danielle Roman, que representa o destino no Brasil, revelou em entrevista para a PANROTAS mais detalhes sobre o case.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA