EVENTOS

Comunica Rio aborda o potencial do Turismo em sua 1ª edição

Com o objetivo de debater novos rumos para a economia fluminense e, em particular, o papel da comunicação no fomento de novos negócios, foi realizada nesta quarta-feira (5) a primeira edição do Comunica Rio. Com o tema Comunicação e Turismo, o encontro discutiu os desafios e possíveis soluções para o desenvolvimento do Turismo, segmento essencial para a economia do Estado.

Marluce Balbino
O secretário de Turismo do Rio de Janeiro, Otavio Leite
O secretário de Turismo do Rio de Janeiro, Otavio Leite
O Comunica Rio abriu a sua primeira edição com um debate sobre as novas políticas públicas de comunicação e de Turismo para o Rio de Janeiro. Entre os participantes, o secretário de Turismo do Estado do Rio de Janeiro, Otávio Leite e o secretário municipal do Rio de Janeiro, Paulo Jobim.

Segundo Leite, o Turismo do Rio funciona como a roda da economia. Para ele, o patrimônio cultural do Estado e a melhoria na segurança são dois pilares fundamentais para o impulsionamento dos visitantes. “Ao pensar em ferramentas para alavancar a chegada de turistas, percebo com clareza que temos ao nosso favor um patrimônio cultural e nada será maior que isso. Além de propagar o bem que temos, estamos trabalhando para melhorar a qualidade da nossa segurança. O Rio está virando o jogo”, afirma o secretário.

Marluce Balbino
Diretor da Ascese Comunica, Marcos Nahmias
Diretor da Ascese Comunica, Marcos Nahmias
O jornalista e idealizador do Comunica Rio, Marcos Nahmias, destacou a importância de um evento assertivo para a discussão e fomento de melhores práticas para o Estado. "A partir da ideia de promover a conexão entre os profissionais da comunicação e empresários de diferentes segmentos do ecossistema empreendedor do Rio, nasceu o projeto Comunica Rio, que surge com a vocação de fomentar encontros, debates, negócios e projetos a serem desenvolvidos em conjunto entre órgãos governamentais, educadores, pesquisadores, iniciativa privada e empreendedores em geral, a fim de alavancar a economia do Rio de Janeiro."

Marluce Balbino
Ricardo Boaretto compartilhou sua experiência como deficiente auditivo durante o debate
Ricardo Boaretto compartilhou sua experiência como deficiente auditivo durante o debate
O público interagiu no fim do debate. Ricardo Boaretto, deficiente auditivo, pediu um Rio de Janeiro mais acessível. “Em Londres, eu fui integralmente acolhido do início ao fim da minha viagem. Os ônibus e os atrativos turísticos possuíam mecanismos de acessibilidade. Gostaria muito que o turista estrangeiro tivesse essa mesma experiência aqui no meu País", opinou.

Veja mais fotos dos participantes do evento no álbum abaixo:
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA