EVENTOS

Turismo de Nova York faz raio-X do viajante brasileiro; veja

Ao longo de 2018, mais de 906 mil brasileiros visitaram Nova York, representando a terceira maior fatia de turistas estrangeiros na cidade mais importante dos Estados Unidos. Ciente do peso do mercado brasileiro para o Turismo e para a economia em geral, a NYC & Company promoveu um evento nesta quinta-feira (9), em São Paulo, para fazer um balanço do último ano e apresentar as principais novidades para 2019.

Após um ano e meio sem visitar o trade local, o CEO e presidente do órgão oficial de marketing turístico de Nova York, Fred Dixon, veio ao Brasil para liderar as apresentações. O vice-presidente executivo de comunicação global, Chris Heywood, também marcou presença durante o encontro, assim como a diretora de Desenvolvimento na América Latina, Lisa Tejeda, e a presidente da Interamerican Network, Danielle Roman.

Marcel Buono
Lisa Tejeda, Danielle Roman, Fred Dixon e Chris Heywood em São Paulo
Lisa Tejeda, Danielle Roman, Fred Dixon e Chris Heywood em São Paulo
“É um ano estimulante e sem precedentes em Nova York, com uma grande quantidade de atividades, assim como inaugurações de atrações e hotéis incríveis. A cidade vive em constante evolução e tem ainda mais a oferecer aos turistas nos seus cinco distritos. Encorajamos que visitem Nova York e aproveitem todas as novidades que fazem de 2019 um ano tão especial”, disse Fred Dixon.

O CEO da NYC & Company desde 2014 fez questão de destacar que Nova York vai muito além de Manhattan e Brooklyn, por exemplo, incluindo bairros como Queens, Staten Island e Bronx entre os que oferecem opções de novas descobertas turísticas. No último ano, mais de 65 milhões de pessoas visitaram a cidade, sendo 13,5 milhões de fora dos Estados Unidos.

Bicad Media/ Unsplash
Novo museu da Estátua da Liberdade será inaugurado ainda neste mês
Novo museu da Estátua da Liberdade será inaugurado ainda neste mês
“O verão traz uma energia única para os cinco distritos, é um momento maravilhoso para explorar a diversidade e a animação dos nossos bairros. Um conjunto de grandes inaugurações e eventos icônicos vai garantir inúmeras razões para explorar tudo o que a cidade de Nova York tem a oferecer”, completou Dixon.

Entre as principais novidades destacadas durante o evento, estão: o centro artístico e cultural The Shed, o novo museu da Estátua da Liberdade, a reabertura do Museu de Arte Moderna (Moma) em outubro, as diversas celebrações LGBTQ entre maio e junho, além de novos hotéis, como o luxuoso TWA, que terá até piscina com borda infinita com vista para a pista do Aeroporto John F. Kennedy.

RAIO-X DO VIAJANTE BRASILEIRO EM NY

  • 84% viajaram a lazer.
  • 33% viajaram sozinhos, 15% com crianças e 39% com namorado/a ou esposo/a.
  • 81% ficaram hospedados em hotéis.
  • A permanência média na cidade foi de 6,6 dias.
  • A faixa etária majoritária é a de turistas entre 35 e 54 anos.
  • A idade média dos viajantes brasileiros é de 40 anos.
  • US$ 67,5 mil é a renda familiar média do brasileiro em Nova York.
  • US$ 2,29 mil foi o gasto médio por pessoa durante uma viagem.
  • US$ 1,95 bilhão foi o total gasto por brasileiros em Nova York em 2018.

Principais interesses: compras (89%), passeios com vista (82%), galerias de arte e museus (63%), parques nacionais e monumentos (61%), locais históricos (44%), shows e peças de teatro (41%), restaurantes sofisticados (23%), locais de herança cultural/étnica (18%), eventos esportivos (17%), tours guiados (16%) e baladas (16%).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA