EVENTOS

Seminário Isto é MS reúne 300 profissionais do Turismo


Juliana Monaco
Bruno Wendling, diretor-presidente da Fundtur-MS
Bruno Wendling, diretor-presidente da Fundtur-MS
Começa nesta terça-feira (19) o Seminário Isto é Mato Grosso do Sul, realizado pela Fundação de Turismo de MS (Fundtur) no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. O evento receberá cerca de 300 profissionais do Turismo durante os três dias com o intuito de debater oportunidades de negócios para os destinos do Estado, apresentando tendências de mercado e gerando oportunidades de negócios.

“O Seminário é um momento de abordar tendências e assuntos que não são muito debatidos, como a pesca esportiva e o Turismo LGBT. Serão três dias muito ricos, de muitos debates, troca de experiências, geração de conhecimento e encaminhamentos, até para se desdobrar em novos produtos e serviços que possamos oferecer”, explica o diretor-presidente da Fundtur-MS, Bruno Wendling.

Para a realização das palestras e painéis, foram convidados profissionais do Turismo regional e nacional. Entre os temas abordados estão a inovação na gestão pública para o Turismo, economia do birdwatching, Turismo de aventura, sustentabilidade no Turismo, pesca esportiva, Turismo LGBT, além de tecnologias e comunicação no Turismo. Haverá ainda a entrega do Prêmio Isto é Mato Grosso do Sul aos profissionais que se destacaram no Turismo do MS no último ano.

Em 2019, a Fundtur-MS promoveu roadshows sobre o destino em diversas regiões do Brasil. “A nossa marca ‘Isto é Mato Grosso do Sul’ está sempre presente em todas as nossas ações. Foram mais de 700 agentes de viagens capacitados e estamos muito contentes com o resultado. Até o final de 2020, vamos lançar uma nova campanha ainda mais robusta do que essa, dando continuidade do Visit MS”, ressalta Wedling.

Com apoio do Sebrae MS, Fundação de Cultura do MS e Fundesporte, o evento gratuito acontece até quinta-feira (21) e é realizado em parceria com o Governo do Estado do Mato Grosso do Sul e a Secretaria de Estado de Produção, Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Agricultura Familiar.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA