Turismo da Espanha conta como está sendo a reabertura; assista ao vídeo

|

O fim da quarentena a turistas na Espanha foi o tema central da live Trocando Ideia, realizada nesta terça-feira (2) no portal PANROTAS e no Facebook, que reuniu nomes ligados ao setor no país, entre eles, o diretor do escritório de Turismo da Embaixada da Espanha no Brasil, Oscar Almendros, que afirmou que já é possível notar o clima de reabertura. “Estamos agora em um processo de abertura econômica, mas ainda de forma gradual”, disse.

Almendros explicou que o país trabalha com quatro fases – da zero a três (sendo a zero considerada como preparação e a fase três a que possibilita uma reabertura por completa). “No momento, quase 70% dos municípios espanhóis estão na fase dois”, afirmou. “E a expectativa é que todos os municípios restantes cheguem a essa fase para também reabrirem para o Turismo”, completou.

Filip Calixto
Oscar Almendros, da Turespaña
Oscar Almendros, da Turespaña
O executivo, no entanto, lembrou que por trás de cada decisão existem medidas de segurança que precisam ser cumpridas por cidades e províncias. “Além disso, o governo da Espanha está na situação de países que seguem o mesmo protocolo de segurança. E isso, entre outros fatores, estão sendo levados em consideração para a criação de ‘corredores seguros’ dentro do continente”, destacou Almendros.

Nesse sentindo, o executivo frisou a importância das agências de viagens no momento da retomada. “Partindo do princípio que todo o turista vai pensar na segurança quando for viajar, as agências serão a principal fonte de informação no que se refere aos protocolos de segurança”, afirmou. “Nosso objetivo é abrir o país para os turistas de todo o mundo com segurança máxima”, complementou.

MELIÁ
A rede hoteleira espanhola Meliá também está pronta para receber os turistas na reabertura do Turismo da Espanha. O diretor de Vendas e Marketing da Meliá para América do Sul, Fernando Gagliardi – que também participou do Trocando Ideia –, contou que a rede está focada em programas que dão segurança aos hóspedes, como o Stay Safe with Meliá.

“Esse programa mira a questão da higiene, da importância de usarmos a tecnologia a favor do combate ao covid-19 e, quando houver interação, para que seja de forma segura, respeitando o distanciamento”, disse. “Os restaurantes dos hotéis, por exemplo, deverão ter limitação de acesso e, com isso, a ideia será priorizar o room service”. Além disso, o executivo disse que os hotéis deverão reabrir com a capacidade reduzida pela metade.

Emerson Souza
Fernando Gagliardi (Meliá)
Fernando Gagliardi (Meliá)
Um dos focos da rede hoteleira, assim como disse Almendros, são as agências de viagens. Gagliardi afirmou que a empresa tem realizado eventos virtuais com o objetivo de preparar esses profissionais para o momento de retomada. “Mais de 5 mil agentes já participaram desses encontros, que debateram a atual situação o futuro próximo, bem como tiveram a oportunidade de fazer fan trips virtuais a algumas das nossas unidades, como a de Los Cabos”, afirmou.

AIR EUROPA
A segurança também é a palavra que vem pautando os trabalhos da Air Europa, companhia aérea espanhola que opera, entre outras, rotas que ligam o Brasil a Madri. O country manager da Air Europa, Gonzalo Romero, afirmou que a empresa tem trabalhado forte para reforçar os protocolos de segurança.

“Temos conversado bastante com a Anac, Anvisa e com a Iata, a fim de aprimorar nossas medidas de segurança nesse momento de retomada, principalmente na do Turismo da Espanha”, disse.

Emerson Souza
Gonzalo Romero, country manager da Air Europa
Gonzalo Romero, country manager da Air Europa
O executivo ressaltou que a aérea voltará a operar a rota São Paulo (GRU) a Madri a partir do dia 15 de julho, que será realizada três vezes por semana – às terças, quintas e sábados. A companhia também vem promovendo o retorno gradual, com voos domésticos, dentro da Europa.

Ainda de acordo com Romero, a expectativa é que pelos próximos quatro meses a demanda será de passageiros que ficaram sem poder entrar nos seus países por conta da pandemia. “Em setembro e outubro, nós esperamos os passageiros com perfis corporativos e, de dezembro a janeiro, aqueles que irão viajar mais a lazer”, enfatizou.

Assista ao Trocando Ideia sobre a reabertura do Turismo na ESPANHA na íntegra:




 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA