Retorno na Paraíba será pautado na segurança, diz presidente da PBTur

|

A segurança será quesito fundamental na retomada do Turismo na Paraíba. Foi o que garantiu a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, durante a live Check Point desta quinta-feira (2). “Nós não queremos fazer nada que, no futuro, precisaremos recuar”, disse.O que vai nortear o retorno é a segurança”, garantiu.

E a segurança passa, claro, por protocolos de segurança. Segundo Ruth, a Abrasel-PB (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) e a ABIH-PB (Associação Brasileiras da Indústria de Hotéis) foram alguns associações que já elaboraram documentos que reúnem medidas de segurança para os respectivos setores. “O site do Governo da Paraíba vai compilar todas essas medidas e protocolos em um único lugar para facilitar a busca”, disse.

Emerson Souza
Ruth Avelino
Ruth Avelino
Em João Pessoa, que atualmente se encontra na segunda fase do processo de retomada, não houve decreto que proibiu os hotéis de funcionarem durante a pandemia; mesmo assim, muitos empreendimentos tiveram que fechar as portas por conta da falta de hóspedes.

REGIONAL
A estratégia, no entanto, para a retomada é apostar no Turismo regional. De acordo com a presidente da PBTur, antes da pandemia, 30% dos turistas que visitavam o Estado eram de São Paulo, enquanto 20% eram de pernambucanos e outros 20% de potiguares. “E essa será a nossa aposta neste momento, pois nossa localização geográfica nos favorece nesse quesito”, afirmou.

Além disso, a executiva disse que a falta de uma malha aérea mais robusta é outro fator que incentiva o Turismo regional. “Das 32 operações diárias que tínhamos antes da pandemia, hoje, são oito. Se a gente não tem malha, precisamos investir no regional”.

E, para isso, a ideia é fomentar o sertão do Estado, a região do Cariri. “Temos muitas atrações ao ar livre que certamente vão atrair muitos turistas ao Estado”, disse. O tamanho dos resorts e hotéis da Paraíba e os destinos que nunca foram buscados pela massa colocarão a Paraíba em vantagem nesse momento, acredita ela.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA