Vai ter Carnaval em fevereiro? Veja como os destinos se organizam

|


Divulgação
Cidades conhecidas por suas grandes festas em fevereiro ainda não definiram data ou sequer se terão a comemoração este ano
Cidades conhecidas por suas grandes festas em fevereiro ainda não definiram data ou sequer se terão a comemoração este ano
Festa que anima foliões por todo o Brasil, e que também movimenta as viagens para quem quer apenas aproveitar o feriado, o Carnaval virou um ponto de interrogação em 2021. Cidades conhecidas por suas grandes festas em fevereiro ainda não definiram data ou sequer sabem se terão a comemoração este ano, tudo em virtude das limitações impostas pela pandemia do novo coronavírus.

Com as recomendações de distanciamento social ainda presentes e a sequência de números alarmantes de vítimas da covid-19, as cidades onde ocorrem as principais festas cancelaram ou suspenderam os eventos para não causar aglomeração. Vale lembrar que a terça-feira de Carnaval não é feriado oficial e que muitos destinos podem optar pelo trabalho normal. Mesmo assim, ainda será uma data propícia para viajar pelo País.

Veja abaixo uma atualização da organização da festa em alguns dos principais destinos carnavalescos do Brasil, que com certeza guiarão as agendas de carnaval de vários outros destinos.

BELO HORIZONTE
Na capital mineira, o Carnaval está suspenso. A cidade, que tem os desfiles de blocos de rua como sua principal atração carnavalesca, não deve ter festa até que o quadro pandêmico melhore.

A tendência, segundo informa a Belotur (Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte) é que a cidade siga o calendário definido por outras cidades famosas por seus carnavais no Brasil, como Rio e Salvador.

FLORIANÓPOLIS
Em Florianópolis a Secretaria de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico informou que, por enquanto, qualquer celebração de Carnaval está cancelada e não há data para que aconteçam.

A decisão proíbe os desfiles de blocos, de escolas de samba e festas particulares. O feriado, contudo, está mantido.

OLINDA
Na cidade histórica de Olinda, em Pernambuco, a decisão de momento também é a de não realização da festa.

De acordo com o departamento de Eventos, que é subordinado à Secretaria de Turismo, Patrimônio e Cultura, qualquer definição ou novidade a respeito do tema virá de conversas coma gestão estadual.

Conforme apontam representantes do departamento, há uma conversa com a secretaria estadual para ponderar formatos que possibilitem a realização da festa, mas não há definição alguma por enquanto.

RECIFE
A secretaria de Turismo do Recife, que desde o início do mês é gerida por Cacau de Paula, também não tem definição sobre data e afirma que, por ora, a festa não acontecerá, assim como determinou a gestão do Estado de Pernambuco.

Na próxima semana, contudo, algumas novas definições podem começar a aparecer.

A mesma decisão que cancela comemorações de Carnaval em todo o Estado vale também para festas particulares. Já quanto ao feriado, o calendário está mantido.

RIO DE JANEIRO
Marluce Balbino
No Rio de Janeiro, depois de o governo estadual definir que em julho ocorreria um carnaval fora de época, provavelmente nos dias 11 e 12, o prefeito Eduardo Paes (DEM) afirmou não há "sentido imaginar a essa altura que teremos condições de realizar" a festa no período.

"Dessa forma, gostaria de informar que não teremos carnaval no meio do ano em 2021", disse o prefeito, que completou: “certamente em 2022 poderemos (todos devidamente vacinados) celebrar a vida e nossa cultura com toda a intensidade que merecemos".

SALVADOR
Divulgação
Conhecida pelos desfiles de blocos e trios elétricos, a festa de Carnaval de Salvador está suspensa até que haja condições sanitárias necessária para acontecer.

O posicionamento da secretaria é o mesmo adotado pelo ex-prefeito ACM Neto (DEM), que tomou a decisão ainda durante a sua gestão, que terminou em dezembro.

A gestão municipal ainda não decidiu se os feriados de fevereiro, que celebravam a data, serão mantidos.

SÃO PAULO
Na capital paulista, a prefeitura informa que o Carnaval 2021 está condicionado à imunização da população contra a covid-19, e por conta disto, não há uma data definida.

“Desde o anúncio do adiamento do Carnaval, a Prefeitura de São Paulo vem articulando com as principais instituições carnavalescas da capital, que concordaram com a necessidade de mudança da data”, informou a gestão municipal em nota.

A gestão paulistana também indica ação coordenada para que a festa tenha data coincidente com outras cidades. “Conversas também aconteceram com a Prefeitura de Salvador e a ideia é estender as tratativas para outros centros carnavalescos como as cidades de Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Recife, para que o Carnaval 2021 possa acontecer em todas as cidades brasileiras na mesma data, mantendo a tradição cultural e sua potência turística”, informa.

* Atualizada em 22 de janeiro
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA