Lafayette Haussmann, em Paris, reabre com medidas de segurança

|

Divulgação
Mais tradicional loja de departamentos da Europa volta a funcionar com protocolos sanitários rígidos
Mais tradicional loja de departamentos da Europa volta a funcionar com protocolos sanitários rígidos
Após três meses fechada em virtude da pandemia do novo coronavírus, a flagship da Galeries Lafayette no Boulevard Haussamann, em Paris, retomou o funcionamento. A administração da loja optou pela reabertura depois da elaboração de um conjunto de normas para manutenção da segurança de clientes e funcionários.

A loja de departamento está funcionando todos os dias das 11h às 19h e, para obedecer instruções das instituições sanitárias da cidade com número limitados de acessos simultâneos às suas estruturas. Também há movimentação de pessoas guiada por sinalizações claras dos pontos de entrada e saída, de forma que haja espaço suficiente para a proporção de uma pessoa para cada dez metros quadrados. O uso de máscaras é compulsório, tanto para visitantes quanto para colaboradores.

Higienizadores de mãos estão disponíveis nos mais diversos espaços da loja, que também conta com indicadores de chão para manutenção de distanciamento social adequado. Itens de vestuário que forem experimentados ficarão fora de circulação por algumas horas antes de retomarem para exposição. Por ora, os restaurantes da loja permanecerão fechados.

O CEO do Grupo Galeries Lafayette, Nicolas Houzé, comenta que a maioria das lojas foi reaberta na primeira quinzena de maio, mas a situação de nossa flaship é particularmente significante. "É um claro sinal aos franceses de que os negócios estão retomando a normalidade e nós estamos extremante contentes com isso. Passamos as últimas semanas trabalhando lado a lado com autoridades governamentais para preparação da reabertura e, de forma determinada, estamos oferecendo aos clientes os mais altos padrões de expectativas sobre a experiência de compras numa nova era de serenidade", afirma.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA