Para Disney, parques temáticos dependem de vacinação rápida

|

O CEO da Walt Disney Company, Bob Chapek
O CEO da Walt Disney Company, Bob Chapek
Na última segunda-feira, o CEO da Walt Disney Company, Bob Chapek, falou na Conferência de Tecnologia, Mídia e Telecomunicações da Morgan Stanley. Além de falar dos investimentos em filmes, da expectativa de retorno dos espectadores ao cinema e dos recordes batidos pelo Disney +, o líder da Disney mencionou, segundo reportagem da Variety, otimismo com a volta dos visitantes aos parques temáticos.

Sobre a expectativa de reabertura da Disneyland, na Califórnia, fechada desde março de 2020, Chapek se disse satisfeito e animado com a resposta dos visitantes aos protocolos de segurança e saúde nos demais parques, como na Flórida. Isso ajudará no retorno quando o vírus ceder, mas ele destacou que os parques temáticos dependem da velocidade do processo de vacinação e da vontade do consumidor em voltar a viajar e tirar férias.

De acordo com ele, há um sentimento muito forte desses consumidores (para voltar) e ele acredita que a demanda vai retornar de forma extraordinária.

Chapek também explicou sobre o fim dos passes anuais em Disneyland, uma consequência da pandemia, mas afirmou que haverá novas formas de se visitar o parque como um membro. Os detalhes serão revelados em breve.

“Vamos ter uma experiência ainda melhor em Disneyland e gerenciar o fluxo de pessoas para que, não importa o dia da visita, você poderá ter uma experiência extraordinária”, afirmou.

2020 também é o ano de celebrar 50 anos de Walt Disney World, na Flórida.

Conheça a campanha da PANROTAS a favor da vacinação.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA