Disneyland abre hoje primeira atração Disney do Homem Aranha

|



O Avengers Campus, área dedicada aos Vingadores (Avengers) no Disneyland Resort, em Anaheim, Califórnia, foi inaugurada ontem, dia 3, em cerimônia com transmissão on-line. Confira o vídeo acima. Hoje a abertura será para o público, com a grande expectativa em cima da atração do Homem Aranha.

O evento teve a presença dos altos executivos da Disney, como Bob Chapeck, CEO do grupo, Josh D’Amaro, CEO da Divisão de Parques, e Kevin Fiege, CEO da Marvel Studios, e de atores dos filmes no cinema, como Paul Rudd, o Homem Formiga, Anthony Mackie, o Falcão nos filmes da telona e o novo Capitão América na nova série do Disney+, Falcão e o Soldado Invernal, Brie Larson, a Capitã Marvel, e Zoe Saldaña, a Gamora, de Guardiões da Galáxia, entre outros.

A nova área tematiza um campus de treinamento e recrutamento para novos Vingadores (no caso, os visitantes), com a presença de vários personagens in loco, a adesão da torre Guardians of the Galaxy – Mission: BREAKOUT! (antiga Torre do Terror, agora dedicada aos Guardiões da Galáxia) e, a grande estrela, a primeira atração do Homem Aranha em um parque da Disney no mundo. Como se sabe a Disney é dona da Marvel, criadora do Homem Aranha, mas no cinema os direitos são da Sony (que assinou uma promissora parceria com os estúdios da Marvel para continuar fazendo parte do Universo Marvel nos cinemas) e na Flórida, os direitos em parques temáticos são da Universal Orlando. Nos demais parques, a Disney poderá usar o Spider Man e obviamente todo o universo Marvel. Em Orlando, no Epcot, a primeira atração com os super-heróis da Marvel será com os Guardiões da Galáxia, personagens “descobertos” pelo cinema bem depois do contrato assinado pela Universal.

Disney
Inauguração do Avengers Campus, em Disneyland
Inauguração do Avengers Campus, em Disneyland
O Homem Aranha poderá ser visto sobrevoando o parque e também na sua atração, a WEB SLINGERS: A Spider-Man Adventure, que abre oficialmente hoje, dia 4, e desde já lança uma febre entre os fãs: as aranhas robôs, que são vendidas na lojinha à saída da experiência.

A atração se passa na Worldwide Engineering Brigade (Brigada Mundial de Engenharia), conhecida como WEB e criada por Tony Stark, o Homem de Ferro. A locação desenvolve novas tecnologias para os heróis, incluindo as aranhas robôs (spider bots), que acabam se proliferando e saindo do controle.

Para viver todas as emoções da atração, os participantes usam óculos 3D, entram no protótipo de um veículo (o WEB Slinger) e conseguirão, graças a uma tecnologia que reconhece movimentos e gestos, lançar teias durante todo o trajeto, como o Homem Aranha Original.

No trajeto, o veículo visita outros endereços do Avengers Campus, como o restaurante Pym Test Kitchen, o QG dos Vingadores (Avengers Headquarters) e a Fortaleza do Colecionador (Collector’s Fortress), também local da atração dos Guardiões (Guardians of the Galaxy – Mission: BREAKOUT!).

Ainda na atração de Spider Man, a Disney garante que será a primeira vez que o participante poderá customizar a experiência, com acessórios que oferecem diferentes poderes, inclusive de outros super-heróis. Saiba mais sobre essa tecnologia aqui.

Disney
Avenger Campus, nova área, dedicada a histórias dos personagens Marvel, na Disneyland, na Califórnia
Avenger Campus, nova área, dedicada a histórias dos personagens Marvel, na Disneyland, na Califórnia
Outros personagens que aparecem no Avenger Campus são o Iron Man (Homem de Ferro), Black Panther (Pantera Negra), as Dora Milaje (guerreiras do universe de Pandera Negra), Black Widow (Viúva Negra), Ant-Man (Homem Formiga), The Wasp (a Vespa) e o Doutor Estranho.

Vale lembrar que a partir do dia 15 de junho a Disneyland passa a receber visitantes de fora da Califórnia (até lá, somente residentes). Dia 15 é considerado o dia da reabertura do Estados, inclusive para outros segmentos, que deixam de ter restrições.

As fronteiras ainda estão fechadas para brasileiros que chegam em voos diretos do Brasil. Por enquanto, para entrar, os brasileiros precisam ter green card, serem casados com algum residente ou possuírem vistos ou permissões especiais. Outra alternativa é passar 15 noites no México ou em países do Caribe sem restrições com os Estados Unidos, e então voar para uma cidade americana.

VEJA MAIS FOTOS NO ÁLBUM ABAIXO
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA