TURISMO

Ministros criam ações para recuperação de Brumadinho


Divulgação / Roberto Castro
O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro
O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro
Os ministros do Turismo e da Cidadania, Marcelo Álvaro e Osmar Terra, respectivamente, reuniram-se na última sexta-feira (12) em Brumadinho (MG) com o prefeito municipal, Avimar Barcelos, autoridades estaduais e empresários de diversos setores econômicos para dar continuidade à força-tarefa integrada de reconstrução da região, atingida pelo rompimento da barragem de Córrego do Feijão em 25 de janeiro deste ano.

Na reunião, foi estabelecida a criação de cinco Grupos de Trabalho setorizados, compostos por representantes públicos e privados, como o objetivo de unirem esforços em torno de projetos comuns. Álvaro irá liderar o grupo do Desenvolvimento Econômico, no qual serão planejadas e executadas as iniciativas para fortalecer o setor de Turismo na região.

Os demais grupos serão relacionados às áreas de Saúde, Educação, Desenvolvimento Social e Financiamento. A primeira reunião do grupo está prevista para o mês que vem.

Álvaro comemorou a autorização concedida pela MRS Logística, concessionária que administra a linha ferroviária no trecho entre Belo Horizonte e Brumadinho, para a implantação de um trem turístico de passageiros até o Instituto Inhotim. “Vamos delinear esse projeto do trem, mostrar que a cidade está viva e tem forças para se reerguer. O nosso esforço conjunto vai ajudar Brumadinho a vencer essa etapa difícil e Inhotim será fundamental. O Turismo é o setor que vai abraçar as dificuldades e devolver o sorriso para a população”, declarou o ministro do Turismo.

Para o ministro Osmar Terra, o Turismo será fundamental para a recuperação da região. “É a chave para diversificar os arranjos produtivos locais, fazendo com que não seja necessária a dependência exclusiva do setor de mineração”, garante Terra. Ele afirma que o governo irá mapear programas federais e transformar Brumadinho em um projeto piloto de desenvolvimento.

O diretor comercial e institucional do Carrefour, Emerson Azenha, anunciou que o grupo está disposto a direcionar as compras para fornecedores locais e produtores rurais da cidade. Já o diretor geral da Fundação Itaú Cultural, Eduardo Saron, afirmou que planeja, em parceria com Inhotim, um calendário de ações culturais que envolvem a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, o Grupo Corpo e cantores nacionais, entre outras atrações. “O objetivo é pensar estrategicamente o turismo cultural com excelência, a partir do que representa Inhotim, um lugar que faz bem para o mundo”, comentou.

Já o diretor-executivo do Instituto Inhotim, Antônio Grassi, destacou que a programação especial se estenderá por seis meses, com pelo menos sete grandes shows no museu, considerado o maior do mundo a céu aberto. “Começa dia 27, com Lenine. E a cada mês teremos um grande show. São iniciativas que põem em destaque a capacidade de Minas para se reconstruir, seus talentos e o nosso vínculo com a comunidade e a região, cada vez mais forte”, detalhou.


*Fonte: Ministério do Turismo

conteúdo original: http://bit.ly/2UDyfCJ
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA