Novo hotel de luxo será inaugurado em Fortim, no Ceará

|

Divulgação/Jaguaríndia Village
Jaguaríndia Village, em Fortim, no Ceará, será inaugurado em novembro
Jaguaríndia Village, em Fortim, no Ceará, será inaugurado em novembro
O munícipio de Fortim, no Ceará, dá as boas-vindas ao Jaguaríndia Village, um novo empreendimento da família Chaufour, que é apoiada pelos grupos de investidores internacionais de Philippe Austruy e de Thomas Valantin, que será inaugurado em novembro. Dos mesmos idealizadores dos hotéis Vila Selvagem e Jaguaribe Lodge, do Roteiro de Charme, o hotel de luxo chega para resgatar uma experiência pautada no slow travel, onde cada momento é vivido de maneira integral – corpo, mente e natureza.

Com investimento de R$ 50 milhões e em uma área de 50 mil metros quadrados de frente para mar, e próximo às margens do Rio Jaguaribe, o hotel é cercado por uma vegetação nativa e dunas, onde estão 30 acomodações, divididas em bangalôs e apartamentos, uma estrutura de entretenimento ao ar livre, serviços personalizados, além de outros detalhes.

“O Jaguaríndia Village vem com o espírito do staycation, tendência mundial e que faz parte de um novo Turismo. Ao mesmo tempo que apresentamos uma proposta de reconexão, também desenvolvemos espaços para que nosso hóspede possa trabalhar apreciando uma vista deslumbrante, cercado de tecnologia, silêncio e exclusividade para fazer suas reuniões remotas”, comenta o sócio-diretor, Celian Chaufour.

O VILLAGE
O empreendimento conta com uma piscina semiolímpica com borda infinita em todos os lados, que forma uma passarela a caminho do mar. Ao redor, coqueiros e outras vegetações nativas da região e espelhos d´água acompanham o caminho por todo complexo, criando uma harmonia com as belezas naturais da região.

O hotel faz um convite para diminuir o ritmo e perceber a beleza da vida. A proposta é ser um refúgio para uma pausa da cidade e para se permitir sentir: andar descalço, relaxar na espreguiçadeira nas diferentes paisagens. Um lugar de sentimentos e harmonia, no encontro do rio com o mar, nas dunas de areias brancas, nas flores e coqueiros, no vento e no pôr do sol.

Divulgação/Jaguaríndia Village
Hotel conta com uma piscina semiolímpica com borda infinita em todos os lados
Hotel conta com uma piscina semiolímpica com borda infinita em todos os lados
ACOMODAÇÕES
O design é convidativo e integra a cultura indígena, sem comprometer o conforto e sofisticação, com uma gama de experiências para estimular, energizar e restaurar. Os mobiliários possuem conceito rústico-contemporâneo e se dividem entre peças exclusivas e artesãos locais da Arte e Madeira.

São oito tipos de acomodações: bangalôs e bangalôs família com e sem piscina, sendo alguns totalmente de frente para o mar e outros com vista para o mar e coqueiral. As Villas Jardim contam com duas suítes e, as Gran Villa Jardim, com três quartos, que possuem ar-condicionado, televisão, frigobar, wi-fi, amenities e enxovais de luxo. Construídas em alvenaria, madeira reflorestada e folhas de carnaúba, as acomodações oferecem exclusividade e combinam o estilo rústico ao luxo de peças exclusivas.

Todas as acomodações possuem um espaço de trabalho, mas o hotel oferece também uma estrutura #workwithaview próxima à recepção, composta por duas salas equipadas com televisão e impressora. Para utilizar, será preciso realizar agendamento e reservar o espaço para uso exclusivo, garantindo ainda mais privacidade.

O restaurante JAG conta com um menu franco-brasileiro elaborado pelo chef francês estrela Michellin, Emmanuel Ruz, e o chef brasileiro Marcel Coura, apresentando uma mistura de sabores e sensações, combinando iguarias locais com a culinária contemporânea ocidental.

Experiências que irão promover a integração da colheita, pesca e preparo também serão disponibilizadas aos hóspedes que desejarem conhecer a origem dos alimentos, acompanhadas pelo chef com execução dos pratos ao vivo.

Já o Espaço Kenji - Kenji Bar & Sauna tem como proposta integrar uma experiência completa de reconexão. Em um espaço onde o silêncio é o protagonista, tratamentos holísticos de geoterapia com ingredientes naturais fazem parte do menu, que também oferece sauna úmida, drinques especiais e massagens com produtos orgânicos premium.

Sessões de yoga e pacotes personalizados combinando saúde física e mental poderão ser programados e personalizados de acordo com o objetivo de cada hóspede. Todos os produtos utilizam ingredientes naturais da Amazônia Brasileira.

Além disso, o município é considerado hoje como o melhor local de kite no Ceará. Pensando nisso, o hotel oferece uma estrutura que abrigará o maior centro-escola com certificação internacional de kitesurf do País. Professores e instrutores experientes, com certificação internacional, além de locação de equipamentos, estarão disponíveis aos hóspedes do Jaguaríndia e visitantes.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA