MERCADO

Intercity cresce 17% em 2018, puxada por São Paulo


Artur Luiz Andrade
Marcelo Marinho com o espumante by Don Giovanni, que a Intercity agora serve em ocasiões especiais em todos os seus hotéis
Marcelo Marinho com o espumante by Don Giovanni, que a Intercity agora serve em ocasiões especiais em todos os seus hotéis
Com 40 hotéis em seu portfólio, incluindo um da marca Yoo2, no Rio, 39 Intercity no Brasil, e um em Montevidéu, a IHC Administração de Hotéis, com sede em Porto Alegre, registra, de janeiro a maio, crescimento de 17% em Revpar, acima da média de mercado, segundo o diretor de Operações e Marketing, Marcelo Marinho. De acordo com ele, São Paulo vem puxando esse crescimento, no corporativo durante a semana e no lazer nos finais de semana, mas mesmo em praças em crise, como Rio e Salvador, os hotéis Intercity estão acima da média.

Um desafio grande é a administração do Intercity Porto Maravilha, no centro do Rio, que foi aberto como AC by Marriott e passado à ICH este ano. Já há projetos de revitalização da área saindo do papel, mas o grupo sabe que se o Rio passa por situação difícil essa região mais ainda, pois diversas promessas não se materializaram.

Para este ano a ICH abrirá mais dois hotéis Intercity, em Campina Grande, na Paraíba, e São Leopoldo, Rio Grande do Sul. Para 2019 o projeto dos hotéis econômicos Hi, nova marca do grupo, será a estrela. Já há três unidades Hi em construção: Criciúma (PR), Chapecó (SC) e Joinville (SC). A proposta é de um hotel econômico descolado, com lobby onde os hóspedes trabalham e se integram, wi-fi em todos os ambientes, café incluso e a qualquer hora (fora do horário padrão de café da manhã, será um grab & go) e academia com foco em esteiras (o espaço será batizado de burn center). É grande a expectativa sobre a marca, que deve chegar em São Paulo, onde a ICH também quer um Yoo2.

Hoje 55% das reservas dos hotéis Intercity vêm do B2B, especialmente do segmento de viagens corporativas (na capital paulista são seis hotéis e dois projetos avançados).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA