MERCADO

Para Claiton Armelin estava faltando resort novo no Brasil

Antonio R. Rocha
Em meio a muitos agentes de viagens, sobretudo do próprio Rio Grande do Norte, alguns operadores nacionais também estiveram presentes no final de semana de inauguração do Vila Galé Touros.

Um deles, Claiton Armelin, diretor executivo de Produto Terrestre Nacional da CVC Corp, falou em nome do empresariado do Turismo na solenidade oficial, que também marcou a estreia do cento de convenções do resort, com capacidade para 1,2 mil pessoas.

"Vocês sabem há quantos anos não temos um novo resort no Brasil? Pois fiz a pesquisa e descobri que o último resort inaugurado foi em 2009. E sabem qual foi? O Vila Galé Cumbuco, no litoral cearense. É incrível o Brasil ficar nove anos sem um grande empreendimento na hotelaria. O prefeito de Touros, Assis do Hospital, teve sorte. Ganhou um grande reforço econômico para a sua gestão. Em breve será, também, o Assis do Turismo", discursou Armelin.

Já o diretor da Litoral Verde, Marco Marra, do Rio de Janeiro, especialista na comercialização de resorts, entregou uma placa de "Hotel Preferencial" ao diretor da Vila Galé Hotéis no Brasil, José Antonio Bastos. O operador observa que já comercializou 300 diárias da unidade até o final do ano e que tem alguns famtours programados. Marra estima que o novo resort potiguar deverá ficar, em breve, entre os mais vendidos da Litoral Verde.

"Creio que será o nosso quinto resort mais vendido. O primeiro por enquanto ainda é o Vila Galé Angra dos Reis. Depois vem o Iberostar Praia do Forte. Em terceiro, o Vila Galé Cumbuco. Já o quarto mais vendido é o Nannai, em Porto de Galinhas", comenta o operador.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA