Sauípe Premium fechará por 4 meses para reformas em 2019 | Mercado | PANROTAS
MERCADO

Sauípe Premium fechará por 4 meses para reformas em 2019

Renato Machado
Heber Garrido, da Aviva
Heber Garrido, da Aviva
MATA DE SÃO JOÃO (BAHIA) – A propriedade upscale do complexo da Costa do Sauípe, o Sauípe Premium, passará por reformas e ficará fechada para hóspedes durante 2019. De acordo com o diretor de Marketing e Vendas da Aviva, Heber Garrido, as obras irão durar entre março e julho.

“Ele vai ser 100% refeito, não é um retrofit”, promete Garrido. Estruturalmente o Premium não deverá sofrer grandes alterações, até porque, como elogia o diretor da Aviva, “os projetos [da Costa do Sauípe] são de muita qualidade”. “O Premium tem uma qualidade de arquitetura muito grande, não faltou dinheiro lá atrás. Vieram grandes bandeiras, veio Marriott, veio Accor, só veio gente que entende disso no mundo inteiro”, afirma.

LEIA TAMBÉM: Aviva unifica Rio Quente e Sauípe, mas o que isso significa?


Aos olhos do hóspede, as mudanças serão notadas principalmente em três frentes: suítes, áreas comuns e piscina. Os quase 200 apartamentos do complexo, segundo Heber Garrido, serão reformados e redecorados. Nas áreas comuns, sem muitos detalhes, o executivo fala de uma inclusão da proposta da Aviva, de entretenimento total. A piscina ganhará borda infinita e programação especializada, “com mais exclusividade”.

“A gente está apostando muito no reposicionamento do Premium. Ele volta se não como o melhor, como um dos melhores empreendimentos upscale da região”, aposta Garrido. “Ele vai ajudar a qualificar o destino.” As reformas citadas fazem parte do já anunciado plano de investimentos no complexo, que irá requerer dois anos e R$ 140 milhões da Aviva.
Renato Machado
Orla do Sauípe Premium tem obras em andamento para a construção de um calçadão
Orla do Sauípe Premium tem obras em andamento para a construção de um calçadão

Para 2018

Ainda este ano a Costa do Sauípe entrega aos hóspedes uma nova e reformulada orla. “A gente entendeu que o projeto arquitetônico estava de costas para o mar, explorava pouco o mar”, pontua Garrido. Ao “virar” o resort para o litoral, a ideia é valorizar “as incríveis opções de natureza”. Além de um novo calçadão, a orla também será tomada por ações de entretenimento. A expectativa é que tudo esteja operante até o réveillon deste ano. “É um destino em transformação e sempre vai ter novidade impactante”, finaliza.

O Portal PANROTAS viaja a convite da Abracorp
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA