MERCADO

Hotéis da América do Sul e Central têm queda em janeiro


Divulgação/Meliá
São Paulo tem aumento na diária média
São Paulo tem aumento na diária média
Os hotéis da América do Sul e América Central registraram resultados negativos em janeiro, de acordo com dados da STR. A ocupação caiu 0,9% totalizando 55,7%, a diária média (ADR) caiu 2% para US$ 99,35 e a receita por quarto disponível reduziu 2,9% para US$ 55,32. Em geral, a amostra considera 63 mil hotéis e 8,5 milhões de quartos no mundo inteiro.

São Paulo teve queda de 1,4% na taxa de ocupação com 47,3% e alta de 11,2% em ADR para R$ 342,85 e cresceu também 9,7% no Revpar para R$ 162,18. A cidade acumula 18 meses consecutivos de crescimento em ADR e o salto nas taxas é explicado pela desvalorização do real em comparação com o dólar americano.

Buenos Aires teve aumento de 4,4% na taxa de ocupação com 62%, subiu 103,7% em ADR com 4.808,29 pesos argentinos e o Revpar teve salto de 112,7% a 2.981,09 pesos argentinos.

A Cidade do Panamá teve baixa de 9,3% na ocupação com 48,1%, mas cresceu 17,2% com 110,89 balboas panamenhos em ADR e 6,3% no Revpar a 53,35 balboas panamenhos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA