MERCADO

Resorts de praia são os preferidos entre ofertas nacionais

Divulgação/Jatiuca Resort
Maior parte dos empreendimentos associados à Resorts Brasil fica em destinos de praia
Maior parte dos empreendimentos associados à Resorts Brasil fica em destinos de praia
Representante de 54 empreendimentos pelo País, a Resorts Brasil divulgou hoje (6) o relatório Resorts em Números, com dados relativos ao primeiro trimestre do ano. No compilado de índices divulgados pela entidade, uma das análises revelou a preferência dos viajantes pelas propriedades localizadas em regiões litorâneas. Em 2019, os resorts de praia tiveram uma ocupação média de 72%, enquanto os resorts de campo tiveram, em média, 62% dos seus quartos preenchidos.

O indicativo alcançado nas unidades praianas é, inclusive, superior ao índice geral de ocupação, que chegou a 63,5% no primeiro trimestre.

Ainda no subgrupo dos resorts de praia, o estudo apontou que a receita média nominal foi de R$ 969, valor que representa um recuo de - 2,50% em relação ao mesmo período de 2018. O mês que apresentou maior queda foi janeiro, com recuo acentuado de - 37,9%.

Entre as propriedades de campo, a queda de receita foi ainda maior. O valor trimestral de R$ 1.064,00 representa um recuo acentuado de - 21,4% em relação a 2018. O mês com desempenho mais fraco foi janeiro, com recuo de - 35,3%.

Em linhas gerais, a análise de performance por ambiente mostra que os resorts de praia se destacaram na alta temporada de janeiro e, com o passar dos meses, os feriados prolongados geraram valores mais significativos nos resorts de campo.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA