MERCADO

Hilton fecha 150 hotéis na China devido ao coronavírus

|

A Hilton foi forçada a fechar temporariamente 150 hotéis na China devido ao coronavírus, tirando um total de 33 mil apartamentos para reservas, segundo informações da Travel Mole. De acordo com o CEO da rede, Chris Nassetta, pode levar de seis a 12 meses para a cadeia de hotéis se recuperar, com base na experiência vivida com a epidemia de Sars.

Divulgação/Hilton
Hilton fecha 150 propriedades na China devido ao coronavírus
Hilton fecha 150 propriedades na China devido ao coronavírus
"Tentamos estimar o impacto potencial em nossos negócios. Três a seis meses de escalada e impacto do surto do vírus e, como essas coisas normalmente não mudam e se resolvem de um dia para o outro, outros três a seis meses de recuperação", disse Nassetta à publicação.

A Hilton estima que o Ebidta da empresa neste ano seja reduzido em US$ 25 milhões a US$ 50 milhões devido à epidemia, com o mercado interno da China representando cerca de 2,7% do lucro antes dos impostos da companhia.

O mercado chinês para a rede já estava fraco antes do surto de coronavírus, com receita por quarto disponível em queda de 7,7%. O fato ocorreu devido à desaceleração das viagens de lazer e aos protestos pró-democracia em Hong Kong.


*Fonte: Travel Mole

conteúdo original: https://bit.ly/2OMhpMO
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA