Iberostar anuncia reabertura na Praia do Forte

|

O grupo Iberostar segue com seu programa escalonado de reaberturas agora no Brasil. A companhia anunciou a retomada do atendimento em um dos hotéis do complexo Praia do Forte, na Bahia: ainda nesta semana, no dia 3 de setembro, o Iberostar Selection Praia do Forte volta a receber hóspedes, dando início a uma sequência de reaberturas que, paulatinamente, será replicada em outras alas e propriedades da rede por aqui.

O desenvolvimento das ações de reabertura, segundo informa a companhia, estão ligadas a decisões como a reabertura das fronteiras e a reativação da demanda e conectividade aérea.

Divulgação
Complexo da marca na Bahia volta a atender esta semana, no dia 3 de setembro
Complexo da marca na Bahia volta a atender esta semana, no dia 3 de setembro
Antes de chegar ao Brasil, o movimento de retomada dos hotéis da marca evoluiu pelo mundo. A escalada de reaberturas começou em junho, em Maiorca (Espanha). Nesse momento, a rede começou a colocar em prática os novos protocolos e medidas de segurança e higiene que desenvolveu em conjunto com o seu Conselho Assessor Médico (CAM). Após essa primeira inauguração, a Iberostar está gradualmente retomando a atividade de seus hotéis em todo o mundo.

Na Europa e no Mediterrâneo, a empresa já tem unidades atendendo em Montenegro, Grécia, Portugal, Marrocos e Tunísia, além de Espanha. Na América, hotéis já voltaram a receber clientes em Cuba; Cancún, Riviera Maya e Riviera Nayarit (México); Jamaica e República Dominicana.

IBEROSTAR EXTRA CARE
Além disso, a rede está lançando o Iberostar Extra Care, seguro viagem com cobertura médica, gratuito para os seus clientes, agora disponível para reservas efetuadas nos canais próprios da empresa (iberostar.com e call center) em qualquer um de seus mais de cem hotéis.

O Iberostar Extra Care é uma iniciativa desenvolvida em parceria com a Aon e cobre despesas médicas incorridas em caso de doença ou acidente (incluindo covid-19) até 40 mil euros; extensão da permanência no hotel do acompanhante devido à internação do segurado (inclusive covid-19); repatriamento; transferência médica de doentes e feridos; transferência de emergência para hospital; despesas odontológicas de emergência; serviços de orientação médica, despesas com a permanência do acompanhante na clínica ou envio de médico ao hotel.

INVESTIDA NO SETOR AÉREO
Paralelamente ao movimento de volta dos hotéis, a rede espanhola também passou a trabalhar em uma investida no setor aéreo, conforme noticiou o Portal PANROTAS no último sábado (29).

A corporação planeja ter sua própria empresa aérea em 2021.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA