Lucro dos hotéis dos EUA ultrapassam nível de 2019 em julho

|

O lucro operacional bruto estimado dos hotéis nos EUA em julho foi de 111% em comparação com 2019, de acordo com o último lançamento de dados mensais da STR. Além das estimativas totais acima de julho de 2019, o EBITDA ficou em 116% do comparável pré-pandemia.

PhB/Unsplash
Lucro dos hotéis dos EUA ultrapassam nível de 2019 em julho
Lucro dos hotéis dos EUA ultrapassam nível de 2019 em julho
Por quarto disponível, cada uma das principais métricas de lucratividade, além da mão-de-obra, foi mais alta do que qualquer mês desde fevereiro de 2020. O lucro operacional bruto por quarto disponível foi de US$ 62,33, a receita total por quarto disponível registrou US$ 156,58, o EBITDA US$ 41,81 e, os custos de mão de obra, US$ 46,24.

“É importante observar que um, ou mesmo alguns meses, com lucro operacional bruto mais alto do que 2019 não significa que a indústria se recuperou. Como observamos recentemente, o setor está entrando na baixa temporada com o fim do verão, mas olhando para trás, vemos o quão alto o aumento na demanda de lazer impulsionou a lucratividade dos EUA nos últimos meses. Havia também o impacto da inflação nas tarifas dos quartos a considerar. Esperaríamos resultados semelhantes, talvez um pouco menores, nos dados de agosto antes de ver uma queda em setembro”, explica a diretora assistente de Desempenho Financeiro da empresa, Raquel Ortiz.

Segundo Raquel, os números de julho foram menos impressionantes quando concentrados apenas nos principais mercados, que estão em sua maioria abaixo de 50% da receita de 2019. No entanto, como o resto do país, essas principais áreas metropolitanas estão mostrando margens em linha com 2019 por causa de operações mais enxutas.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA