Booking.com lança selo de viagem sustentável

|

Divulgação
Xalés de Maracaípe é um dos estabelecimentos com o selo Viagem Sustentável no Brasil
Xalés de Maracaípe é um dos estabelecimentos com o selo Viagem Sustentável no Brasil
A Booking.com anunciou hoje (16) o lançamento do selo ‘Viagem Sustentável’, cujo objetivo é fornecer informações importantes para as pessoas que desejam viajar de forma mais responsável com o meio ambiente. O selo está disponível para todas as propriedades que implementaram um conjunto de práticas e que cumprem o requisito mínimo de impacto para o destino em que estão. A iniciativa visa oferecer aos viajantes uma forma clara, consistente e fácil para identificar estadas mais sustentáveis, independentemente do destino que desejam conhecer.

“Construir um setor de viagens verdadeiramente sustentável vai exigir tempo, coordenação e esforço conjunto, mas é possível progredir por meio da inovação contínua, suporte ao parceiro e colaboração com o setor”, afirma a diretora de Sustentabilidade na Booking.com, Marianne Gybels. “Com nosso programa, estamos reconhecendo as iniciativas de sustentabilidade de uma gama maior de propriedades no mundo todo. Acreditamos que é importante demonstrar que existe um espectro de sustentabilidade e que há valor em exibir um número crescente de propriedades que estão em diferentes fases de sua jornada rumo à sustentabilidade”, comenta.

Com base nos padrões já estabelecidos para acomodações sustentáveis, a Booking.com colaborou com especialistas do setor para identificar um conjunto das práticas mais impactantes que uma propriedade deve considerar. São cinco áreas principais: lixo; energia e gases do efeito estufa; água; apoio às comunidades locais; e proteção à natureza.

Atualmente, essa estrutura principal está dividida em 32 medidas ou práticas específicas de sustentabilidade que as propriedades podem implementar – desde a eliminação de produtos de higiene com embalagens descartáveis ou a mudança para lâmpadas Led, até o funcionamento da acomodação com fontes de energia 100% renováveis ou o investimento de certa porcentagem dos lucros na comunidade local e em projetos de conservação.

As propriedades que atendem o limite exigido de impacto estão recebendo a primeira versão do selo ‘Viagem Sustentável’, incluindo aquelas que possuem certificações e selos já existentes. Essa metodologia de medição e abordagem estruturada foi desenvolvida oficialmente com a Travalyst Coalition e aprovada pelo Travalyst Independent Advisory Group. Além disso, continuam a ser desenvolvidas por meio da consultoria e orientação do Conselho Global de Turismo Sustentável (GSTC).

Durante a primeira fase do lançamento, o selo e uma visão geral das iniciativas de sustentabilidade da propriedade estarão disponíveis nas páginas das propriedades no app e no site da Booking.com, no mundo todo. À medida que o lançamento continua, o ícone ‘Viagem Sustentável’ também vai começar a aparecer nos anúncios das propriedades na página de resultados de pesquisa nas próximas semanas, junto com um filtro de Viagem Sustentável.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA