Wyndham adicionou 16 mil novos quartos à rede no 1º trimestre

|


Divulgação/Wyndham Hotels & Resorts
No mundo, companhia atingiu a marca de 813,3 mil quartos abertos, o que representou abertura de 16,1 mil novos quartos
No mundo, companhia atingiu a marca de 813,3 mil quartos abertos, o que representou abertura de 16,1 mil novos quartos
Balanço publicado hoje (3) mostra que o grupo Wyndham Hotels & Resorts teve a expansão de oferta como a meta de início de ano em 2022. No primeiro trimestre, a companhia adicionou mais de 16 mil quartos a sua oferta global. O número faz com que a empresa chegue a 813,3 mil apartamentos administrados em 8,9 mil hotéis espalhados por 95 países.

Quando se analisa o cenário latino-americano, o crescimento percentual salta de 2% para 5%, o que reflete aceleração do mercado regional. Na América Latina e Caribe, foram 1,6 mil novos quartos adicionados, indo de 29,8 mil para 31,4 mil. No Brasil, foram 504 a mais, o que representou 31,5% da ampliação na região. Em 2021, esse dado de crescimento nacional chegou a 210%.

O aquecimento dos negócios para a Wyndham também se reflete no mercado brasileiro, segundo a vice-presidente de Desenvolvimento de Novos Negócios para a América Latina, Maria Carolina Pinheiro. “O ano começou com a nossa empresa comemorando os resultados positivos de 2021 e com expectativa de abertura de novos empreendimentos, como em Brasília (DF), por exemplo”. E a executiva já adianta: “Novos contratos e inícios de operações estão próximos”.

BALANÇO 2021
Em 2021, a rede Wyndham registrou faturamento de US$ 1,245 bilhão, com um aumento de 46% no RevPar global em relação ao mesmo período do ano anterior. A rede encerrou 2021 com mais de 810 mil quartos, o que significou um crescimento de 5,2%, na comparação com 2020. Desse total, os Estados Unidos respondem por 490,6 mil quartos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA