Ação Paraíba Flexível & Segura pretende fomentar retomada

|

Oferecer maior maleabilidade e produtos sem descuidar dos protocolos de saúde e higiene. Com atenção a essas diretrizes, algumas empresas do trade da Grande João Pessoa lançaram a campanha Paraíba Flexível & Segura. A ação conta com a participação de 30 meios de hospedagem de João Pessoa, Campina Grande e Costa do Conde e da Luck Receptivo João Pessoa, oferecendo duas remarcações de pacotes (que podem ter hospedagem, transporte terrestre e passeios) sem multas.

As remarcações têm como data limite o dia 20 de dezembro do ano de 2021 e as compras que valem para a campanha podem ser feitas até o dia 31 de agosto deste ano. As mudanças de data precisam, contudo, obedecer a mesma época da primeira compra. Ou seja, pacotes comprados para baixa temporada terão lugar apenas em períodos de baixa temporada e o mesmo vale para a alta temporada.

Unsplash/Andrey Câmara
Campanha pretende garantir presença de turistas na capital paraibana
Campanha pretende garantir presença de turistas na capital paraibana
A ação já está em vigor e para melhorar a divulgação dela as empresas envolvidas criaram um selo que será passado a operadoras, agências e OTAs que vendem os produtos. "Todos os agentes de viagem e operadoras que quiserem participar devem procurar os hotéis envolvidos na ação ou algum posto da Luck Receptivo", recomenta o gerente Comercial do Hardman Praia Hotel, Jorge Netto.

O hotel representado por Netto é um dos empreendimentos que aderiram ao projeto. "Sabemos que outros hotéis já trabalham com essas condições mas aqui temos um destino inteiro nesse objetivo. Isso nos faz largar na frente para a retomada", aponta o executivo. De acordo com ele, além das vantagens comerciais, a campanha também enfatiza as questões de segurança. "Os hotéis que integram a ação estão totalmente preocupados em cumprir protocolos de saúde e segurança específicos para o momento que vivemos", afirma.

De acordo com Christiane Teixeira, da Luck Receptivo, a campanha foi criada num momento oportunizado pela insegurança que ainda influencia decisões de viagens pelo Brasil. "Estávamos sentindo um pouco de insegurança do cliente na hora da compra, temendo que hotéis não abrissem na data comprada ou até multas por remarcação. A partir daí conversamos com alguns hoteleiros e chegamos a conclusão de fazer a campanha como destino", lembra.

Depois de montado, o projeto se espalhou e hoje conta com parcerias fortes, conforme conta Christiane. Segundo a executiva, grandes operadoras como CVC, Agaxtur e Orinter já tem divulgado e colaborado com a iniciativa.

"O que a gente quer dizer é: compre João Pessoa, que é uma cidade mais intimista e tem tudo para despontar na retomada", afirma.

RETOMADA EM JOÃO PESSOA
Com o comércio fechado há mais de cem dias, a capital paraibana já começou a dar sinais de retomada. A região deve entrar, na próxima semana, na terceira fase do plano de flexibilização que prevê a volta protocolada do atendimento em estabelecimentos de varejo, shoppings, serviços púlbicos não essenciais, praias, feiras livres, praças e parques.

Os meios de hospedagem devem ser autorizados a voltar na próxima etapa do planejamento, ao mesmo tempo que os museus, cinemas e teatros.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA