Beatriz Contelli   |   08/11/2022 15:29   |   Atualizada em 08/11/2022 17:05

Sandals Resorts reúne parceiros em São Paulo e celebra retomada

A rede hoteleira está com 90% dos níveis de 2019 e tem expectativa de alcançar os números de 2018 em 2023


PANROTAS/Emerson Souza
Renata Salina e Arlenes Garcia, da rede Sandals
Renata Salina e Arlenes Garcia, da rede Sandals
Para agradecer a retomada e as vendas aquecidas, a Sandals Resorts reuniu agentes de viagens e operadores parceiros na manhã desta terça-feira (8), em São Paulo. Comandado por Arlenes Garcia, diretora de Vendas e Marketing da Sandals para América Latina, e Renata Salina, representante da rede no Brasil, o encontro foi uma oportunidade de apresentar as novidades das propriedades e reforçar a conectividade aérea com os destinos onde os resorts estão presentes.

Com 90% dos níveis de ocupação de 2019, a expectativa da Sandals para o próximo ano é atingir os mesmos patamares de 2018. "Nossos resorts estão localizados no Caribe, região com clima favorável o ano todo, além de estarmos com muitas novidades de expansão da rede", afirma Renata.

A executiva ainda ressaltou a importância dos parceiros e do esforço da Sandals em promover capacitações para estimular as vendas. Os profissionais são certificados como Agentes Especializados em Sandals e têm acesso em primeiro mão às novidades da rede.

"A Sandals Resorts está comemorando 40 anos de mercado e percebemos que os brasileiros estão tomando conhecimento que a rede existe, têm desejo de viajar. Queremos agradecer a lealdade dos agentes e lembrá-los que é essencial escutar seus clientes e divulgar os diferenciais que nossos produtos oferecem", complementa Arlenes.

CONECTIVIDADE AÉREA

Outro fato que favorece a retomada da Sandals é a não exigência de visto nos destinos, diferente do que acontece com o México. Com resorts localizados em Curaçao, Jamaica, Antígua, Grenada, Barbados, Santa Lúcia e Bahamas, a rede percebe uma preferência dos brasileiros por Curaçao e Jamaica, destinos com ampla conectividade aérea.

A Copa Airlines, por exemplo, conta com rotas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e Manaus para Bahamas, Jamaica, Barbados e Curaçao, sem exigência de visto. A American Airlines também realiza voos para os destinos, incluindo as Ilhas Turcas e Caicos, mas é necessária a apresentação de visto.

NOVIDADES

O encontro foi encerrado com a apresentação das últimas novidades da Sandals Resorts na Jamaica, Bahamas e Curaçao. Confira as inaugurações e revitalizações mais recentes da rede clicando aqui.

Tópicos relacionados