Primeiro robô da hotelaria do Brasil 'ganha vida' em SP

|

Divulgação/ Ramada Hotels & Suítes
Fernanda Schaper, gerente geral do Ramada Encore Berrini, com o robô Rebeca
Fernanda Schaper, gerente geral do Ramada Encore Berrini, com o robô Rebeca
O Ramada Encore Berrini, em São Paulo, cuja abertura está definida para o próximo dia 13 de novembro, se torna o primeiro hotel do Brasil a possuir um robô focado no atendimento a hóspedes.

Dotado de inteligência artificial, o robô, chamado Rebeca Berrini, estará preparado para fornecer informações sobre a hospedagem, horários de funcionamento do A&B do hotel, dar indicações de restaurantes e passeios na região e dar dicas de acesso à rede wi-fi.

O diretor de Marketing e Vendas da Vert Hotéis, Bruno Guimarães, explica que o software utilizado pelo robô permite o desempenho de tarefas repetitivas. “A Rebeca contribuirá para a nossa produtividade, realizando serviços corriqueiros do hotel, otimizando processos e permitindo que nossos outros colaboradores possam se dedicar e cuidar de tarefas mais focadas na experiência do hóspede”, afirmou o executivo.

A gerente geral do Ramada Encore Berrini, Fernanda Schaper, acredita que a novidade deve gerar muito entusiasmo entre os hóspedes. “Com certeza, a Rebeca fortalecerá a construção da imagem de nossa marca, enfatizando a inovação da Vert Hotéis frente à concorrência”, comenta.

REBECA BERRINI
A máquina está decorada com um adesivo com o logo do Ramada Encore e um crachá de identificação com o seu nome. Programada para circular com autonomia pelo lobby do hotel, ela possui sensores de toque, presença e movimento que possibilitam-na desviar de obstáculos. O robô utiliza uma plataforma de hardware com capacidade de interpretação de voz e fala.

Para ser servido pela Rebeca, o hóspede tem que se aproximar da máquina e dizer o que precisa. Pode pedir informações gerais sobre o hotel e seus serviços. Ela não atende a pedidos de itens e também não efetua entregas.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA