Climber chega ao Brasil: a nova tecnologia para Revenue Management

|

A Climber RMS, tecnologia portuguesa para gerenciamento de receita, chegou ao Brasil em setembro de 2020, oferecendo tecnologia de ponta aliada a consultorias completas de Revenue Management.

A empresa, que ajuda redes hoteleiras a aumentar a receita em seis meses e a garantir o breakeven, estreou na hotelaria brasileira há menos de um ano e já possui mais de 300 negócios assistidos, contando com grandes players do Turismo.

Divulgação/Climber
CEO da Climber, Mário Mouraz
CEO da Climber, Mário Mouraz
Para a atuação no Brasil, a Climber realizou integração com a Omnibees, líder em tecnologia hoteleira na América Latina, para realizar o gerenciamento de receita de seus clientes via o ecossistema de distribuição completo da plataforma.

Sandro Fonseca, diretor de Vendas e Marketing no Louvre Hotels Group Brazil, conta a experiência com a tecnologia Climber: “Conseguimos maximizar a receita de nossos hotéis em mais 30%, além de poupar o tempo que era usado com processos manuais”, destaca o executivo. Adicionou também “Na pandemia, a Climber foi para nós como uma lanterna, pois nos ajudou a ver o caminho. É um serviço feito para o Brasil e não se admira que estão crescendo aqui e já são o maior RMS do mercado brasileiro”.

Tendo como um dos principais pilares a distribuição de preço dinâmica em tempo real, entendendo o momento do mercado, a Climber adaptou suas soluções para a hotelaria do Brasil, unindo as técnicas de RMS já consolidadas com a expertise de especialistas na hotelaria brasileira, como Daniel Feitosa, ex-Accor, que compõe o time como especialista de Revenue Management.

Mário Mouraz, CEO da Climber, conta as expectativas com a entrada no Brasil: ”no momento em que vivemos, os hotéis não podem perder o timing de flutuação estratégica. Neste cenário, nossos algoritmos garantem a melhor precificação em full time, sempre atualizadas” explica. “Estamos prontos para levar o Gerenciamento de Receitas a outro nível no Brasil”, garante Mouraz.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA