AGÊNCIAS DE VIAGENS

Decolar lança plataforma para viagens curtas; veja como funciona


Emerson Souza
Alexandre Moshe, da Decolar, durante lançamento de novidades
Alexandre Moshe, da Decolar, durante lançamento de novidades
A Decolar acaba de lançar a Escapadas, uma nova plataforma de pacotes com foco no público que deseja realizar viagens curtas, de bate-voltas a finais de semana, em destinos que ficam a poucas horas de carro ou avião. A plataforma unifica as principais opções de data que o cliente deseja para sua viagem, com ofertas baseadas no custo-benefício.

A plataforma oferece três opções de "escapadas" com base no destino de origem: menos de 200 quilômetros de distância ou cerca de duas horas de carro; menos de 500 quilômetros, até cinco horas de carro ou uma hora de avião; e mais de 500 quilômetros de distância ou menos de quatro horas de avião. Os pacotes incluem de uma a três noites de hospedagem e podem ser comprados com até três meses de antecedência.

"O objetivo é aumentar a frequência de viagens e fazer com que o plano dos usuários não seja de duas viagens ao ano ou apenas em grandes momentos, por exemplo. Criamos um fluxo de escapadas para mostrar ao cliente que ele pode incorporar muito mais viagens à sua rotina do que ele faz hoje”, explica o diretor geral da Decolar no Brasil, Alexandre Moshe.

Os primeiros trechos da plataforma têm saídas de São Paulo e Rio de Janeiro, separados em dez categorias: natureza, aventura, relax, entretenimento, campo, cidade, cultura, gastronomia, praia e montanha. Quem optar pelas escapadas poderá contar com benefícios, incluindo late check-out, acesso livre a spa, jantar de cortesia, welcome drink, ingressos para parques aquáticos, upgrade de quarto, entre outros.

PERSONALIZAÇÃO
A OTA lançou também uma ferramenta que une todo o banco de dados por meio de inteligência artificial, chamada “Para onde viajar?”. O dispositivo utiliza como referência os gostos, interesses e preferências do viajante para apresentar sugestões de destinos que se encaixem ao perfil de cada um.

“Queremos deixar de ser uma vitrine de ofertas para nos tornamos um local de experiência de viagem completa. E não apenas colocar o inventário de parceiros, mas ofertar os produtos com curadoria. Vamos deixar de ser uma empresa transacional para, cada vez mais, falar de experiências, com base na evolução da estratégia da companhia, que tem como pilares a presença regional, conhecimento local e tecnologia.”

Para mais detalhes, acesse: decolar.com/viagens/viagens-curtas e decolar.com/onde-viajar?.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA