Sakura aponta alta de dois digítos e dobra home offices em 2020

|


Emerson Souza
Vivi Siqueira, Wagner Chaves, Sandra Kuroishi e Emerson Camilo, da Sakura, durante encontro comercial
Vivi Siqueira, Wagner Chaves, Sandra Kuroishi e Emerson Camilo, da Sakura, durante encontro comercial
A Sakura comemora o crescimento de dois dígitos nas vendas em 2019 e, para o próximo ano, a meta é agressiva. A consolidadora tem como objetivo uma alta de pelo menos 50% em relação a 2019, que será fruto de um planejamento realizado pelo grupo. As previsões foram reveladas hoje durante o 1º Encontro Comercial Sakura, no Bourbon Santos, no litoral de São Paulo.

Além disso, a empresa pretende dobrar o número de home offices pelo Brasil. "Temos 15 e no próximo ano vamos dobrar, chegando a 30. Queremos chegar a 42 home offices até 2022", explica o CEO da Sakura, Emerson Camilo. “A cada dez bilhetes emitidos por consolidadoras no País, pelo menos um é emitido pela Sakura. Estamos de olho em novas oportunidades de mercado, em meio a fusões de grandes empresas. Chegamos à nossa posição de destaque não por investir bilhões, mas pela qualidade das pessoas da nossa equipe”, ressalta.

Outra meta do grupo é fortalecer ainda mais o seu portfólio, com destaque para o terrestre. "Este é um departamento que tornou-se muito importante e vamos fortalecer a venda de produtos como hotéis e carros. Esta área tem uma equipe dedicada com quatro pessoas no Click Terrestre.”

O 1º Encontro Comercial Sakura acontece até amanhã (22) com 40 colaboradores de todo o País. Durante o evento, será discutido o alinhamento estratégico para 2020 além de momentos para aproximação da equipe.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA