Movida

Marcos Martins   |   01/08/2019 09:34

MSC lança ferramenta para cotação de grupos no MSC Book

Companhia de cruzeiros agora permite a cotação e bloqueio de viagens em grupo na própria plataforma de vendas e reservas de cruzeiros on-line, o MSC Book


Divulgação
Companhia também oferece incentivo para quem usar a plataforma em agosto
Companhia também oferece incentivo para quem usar a plataforma em agosto
A MSC Cruzeiros lançou uma nova ferramenta para cotações de grupos no MSC Book. Agora os agentes de viagens poderão fazer as cotações e bloqueios de viagens em grupo na própria plataforma de vendas e reservas de cruzeiros on-line.

A funcionalidade "cotações de grupos" permite que o agente realize as cotações de forma autônoma, sem a necessidade de solicitar à equipe da MSC Cruzeiros, como era feito antes. Essa nova ferramenta realiza o processo de maneira automatizada para que o profissional consiga cotar viagens para grupos a qualquer momento, tornando o processo mais ágil.

A nova opção está disponível na aba "reservas" e, com poucos cliques, os agentes conseguem realizar as cotações para grupos de no mínimo oito e no máximo 32 cabines. Caso haja alguma informação relevante como a presença de eventos, casamentos, necessidades de espaços ou outras, o agente poderá informar no campo "comentários adicionais". Em caso de dúvidas, a equipe da MSC Cruzeiros continuará a disposição para auxiliar os agentes.

INCENTIVO
A partir de 1º de agosto, os agentes que realizarem as reservas através da nova ferramenta contarão com incentivo para fechar grupos. Até o dia 31 de agosto, a companhia terá uma condição especial, com isenção do pagamento do "sinal", comissão diferenciada a partir de 13% e um leito grátis a cada oito cabines pagas.

A ação é acumulativa com as demais promoções vigentes, exceto se a tarifa for Super Bingo. São considerados grupos de 8 a 32 cabines. As tarifas são fixadas por um tempo determinado para a conclusão da venda.

A nova ferramenta está disponível em: www.mscbook.com.

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias