CRUZEIROS

Qual o perfil do cruzeirista brasileiro? Clia responde


Filip Calixto
O presidente da Clia Brasil, Marco Ferraz
O presidente da Clia Brasil, Marco Ferraz
Durante o quarto workshop da MSC, em São Paulo, o presidente da Clia Brasil, Marco Ferraz, apresentou o perfil dos cruzeiristas de todo o mundo, que em 2018 correspondiam a 28 milhões de pessoas, sendo 519 mil brasileiros, 15% a mais do que em 2017. A associação descreveu que, em geral, os brasileiros que navegam têm mais de 40 anos e preferem roteiros de sete noites para o Caribe. Ásia e Mediterrâneo também estão entre os favoritos.

Neste mercado, a atuação do agente de viagens mostra-se cada vez mais importante, segundo a Clia: 81% dos clientes que fecham viagens com agências pretendem reservar um cruzeiro. “Os agentes têm um papel super importante, porque são o nosso principal canal de vendas em todo o mundo. Oferecendo as melhores ofertas, os profissionais conseguem atrair também o público que não tem o costume de comprar com eles”, indicou Ferraz. Nestas viagens, 91% das pessoas gostam da proposta de conhecer diversos lugares em um só roteiro, sendo que 87% têm o potencial para tornarem-se repeaters e 83% gostariam de prolongar a estada nos cruzeiros.

Filip Calixto
Ferraz apresentou-se para 400 agentes de viagens durante o quarto workshop da MSC, em São Paulo
Ferraz apresentou-se para 400 agentes de viagens durante o quarto workshop da MSC, em São Paulo
Entre as tendências, a Clia apontou o luxo como um nicho em ascensão. “Há lugares em que só é possível chegar com os navios. E é importante o agente estar atento a isto, porque as gerações mais jovens investem dinheiro nestas experiências. Temos mais de 100 portos no mundo para agradar a todos os perfis”, destacou o presidente.

Os cruzeiros na baixa temporada e para solteiros também foram citados como relevantes para as vendas. Os serviços à parte também podem ser uma maneira de o agente ser comissionado, pois 70% dos viajantes desejam fazer os passeios terrestres. Na temporada 2019/2020 no Brasil, serão oferecidos 530 mil leitos em 144 roteiros. No próximo ano, a Clia pretende trazer o modelo de capacitação e benefícios de seus associados também para o País.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA