Norwegian Cruise Line amplia suspensão de cruzeiros este ano

|

Wikicommons
A viagem do Norwegian Breakaway na América do norte é um dos cruzeiros cancelados em outubro
A viagem do Norwegian Breakaway na América do norte é um dos cruzeiros cancelados em outubro
A Norwegian Cruise Line Holdings, empresa que opera as marcas Norwegian Cruise Line, Oceania Cruises e Regent Seven Seas Cruises, anunciou hoje (17) uma extensão da suspensão de suas viagens globais de cruzeiros. A decisão suspende os embarques que seriam realizados pela companhia entre 1 e 30 de agosto de 2020. Também estão canceladas as viagens de 1 a 30 de setembro deste ano, com exceção das travessias no Alasca com base em Seattle.

Alguns cruzeiros que seriam realizados até outubro também foram cancelados em virtude das restrições de viagens e portos, incluindo travessias no Canadá e na Nova Inglaterra.

A Companhia informa, contudo, que continuará a trabalhar em conjunto com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC), o governo federal e as autoridades globais de saúde pública para tomar todas as precauções necessárias para garantir a saúde, a proteção e a segurança dos hóspedes, equipe e comunidades visitadas.

Os passageiros que estão atualmente com reservas em viagens canceladas na Norwegian Cruise Line, Oceania Cruises ou Regent Seven Seas Cruises devem entrar em contato com o agente de viagens ou com a própria NCL para obter mais informações.

Na lista de cruzeiros previstos para outubro que foram afetados com a mudança estão quatro da Norwegian Cruise Line, um da Oceania Cruises e mais um da Regent Seven Seas Cruises. São eles: Norwegian Bliss (Alasca), Norwegian Joy (Alasca), Norwegian Breakaway (Canadá/Nova Inglaterra), Norwegian Gem (Canadá/Nova Inglaterra), Insignia (Canadá/Nova Inglaterra) e Seven Seas Navigator (Canadá/Nova Inglaterra).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA