MSC retoma operação do seu 11º navio, o MSC Divina

|

Divulgação/MSC Cruzeiros
O MSC Divina partiu do seu novo homeport em Port Canaveral/Orlando, nos Estados Unidos
O MSC Divina partiu do seu novo homeport em Port Canaveral/Orlando, nos Estados Unidos
O décimo primeiro navio da MSC Cruzeiros retomou ontem (16) as suas operações. O MSC Divina partiu do seu novo homeport em Port Canaveral/Orlando, nos EUA, para um cruzeiro de três noites rumo a Nassau, nas Bahamas, passando pela ilha privativa da Companhia, a Ocean Cay MSC Marine Reserve, também nas Bahamas.

A embarcação navegará na região junto com o MSC Meraviglia, que parte de Miami para as Bahamas, Ocean Cay, Ilhas Cayman, Jamaica e México. Assim, os hóspedes norte-americanos agora têm opções de itinerários de três, quatro e sete noites partindo dos dois portos de embarque.

Seis navios da MSC Cruzeiros estão navegando no Mediterrâneo – o MSC Seashore, o MSC Grandiosa, o MSC Seaside, o MSC Orchestra, o MSC Splendida e o MSC Magnifica - com o MSC Virtuosa programado para se juntar a eles no dia 22 de setembro, para oferecer cruzeiros de nove noites partindo de Gênova, na Itália, com escalas em Málaga e Cádiz, na Espanha, Lisboa, em Portugal, Barcelona, também na Espanha, e em Marselha, na França.

O MSC Seaview está navegando pelo Mar Báltico, partindo de Kiel, na Alemanha, com cruzeiros para a Suécia e a Estônia, e o MSC Bellissima está operando no Mar Vermelho, partindo de Jeddah, na Arábia Saudita, com destino ao Egito e à Jordânia.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA