MSC Cruzeiros anuncia um segundo navio para o World Cruise 2023

|

Divulgação
Além do MSC Poesia que já estava programado, o MSC Magnifica será adicionado ao World Cruise 2023
Além do MSC Poesia que já estava programado, o MSC Magnifica será adicionado ao World Cruise 2023
A MSC Cruzeiros revelou que um segundo navio, o MSC Magnifica, se juntará ao MSC Poesia no MSC World Cruise 2023. Pela primeira vez, dois navios receberão mais de cinco mil hóspedes para viagens simultâneas ao redor do mundo e os dois partirão de Civitavecchia, Itália, no dia 4 de janeiro, e de Gênova, Itália, no dia 5 de janeiro de 2023, realizando diferentes rotas ao redor do globo.

O MSC Magnifica realizará o mesmo itinerário que deveria ser executado pelo MSC Poesia no MSC World Cruise 2022. No entanto, após cuidadosa avaliação, a MSC cancelou o World Cruise 2022 porque não seria possível realizá-lo devido ao número de portos que ainda enfrentam restrições por causa da pandemia. Dessa forma, o MSC Magnifica oferecerá uma solução para que os hóspedes impactados tenham uma alternativa para realizar a viagem.

"Infelizmente, não tivemos outra escolha a não ser cancelar o MSC World Cruise 2022, mas sabemos que um cruzeiro de volta ao mundo é realmente a viagem da vida para muitas pessoas e, por isso, foi importante para nós oferecer a melhor solução possível para os nossos hóspedes fiéis. O World Cruise 2023 a bordo do MSC Poesia já estava esgotado e, por isso, trabalhamos para alterar a programação do MSC Magnifica, um popular navio de cruzeiro de volta ao mundo, para que pudéssemos oferecer o mesmo itinerário de 2022, apenas um ano depois, com o navio partindo na mesma data e fazendo escalas em todos os mesmos portos planejados", explicou o CEO da MSC Cruzeiros, Gianni Onorato.

As vendas para o MSC World Cruise 2023 a bordo do MSC Magnifica já estão abertas e os hóspedes com reservas para o MSC World Cruise 2022 serão contatados em breve e terão prioridade para alterá-las para o MSC Magnifica. Como uma forma de agradecimento pela fidelidade, os hóspedes que mudarem a sua reserva para 2023 poderão reservar um cruzeiro entre 1º de janeiro e 3 de maio de 2022 para que ainda possam desfrutar de um cruzeiro de férias durante este período.

O MSC Poesia e o MSC Magnifica partirão juntos em 2023, com embarques nas cidades italianas de Civitavecchia (4 de janeiro) e Gênova (5 de janeiro), em Marselha, França (6 de janeiro), e em Barcelona, Espanha (7 de janeiro). Assim que cruzarem o Mar Mediterrâneo, os navios se separarão no Oceano Atlântico.

O MSC Magnifica irá circunavegar a América do Sul, cruzar o Oceano Pacífico Sul e depois o Oceano Índico, o Mar Arábico, o Mar Vermelho e, em seguida, por meio do espetacular Canal de Suez, voltar ao Mar Mediterrâneo.

O MSC Poesia, por outro lado, transitará pelo Canal do Panamá e percorrerá a costa oeste da América Central e América do Norte, em direção ao Oceano Pacífico e, em seguida, navegará por um período estendido na Ásia. Cruzando o Oceano Índico, o navio retornará ao Mediterrâneo pelo Canal de Suez.

ITINERÁRIO MSC MAGNIFICA

O MSC Magnifica visitará 43 destinos, em 24 países, com mais de 25 locais considerados Patrimônio Mundial da Unesco, em cinco continentes. A viagem de 117 dias oferece nove pernoites prolongados e o navio cruzará o equador duas vezes.

Partindo do Mediterrâneo, o navio seguirá para sudoeste com escalas em Lisboa, Portugal, e Funchal, Ilha da Madeira. Em seguida, ele seguirá para Mindelo, Cabo Verde, onde cruzará o equador, chegando à América do Sul. Aqui, 11 destinos aguardarão os hóspedes no Brasil, Argentina, Uruguai e Chile, incluindo dois dias no Rio de Janeiro, em Buenos Aires e em Ushuaia, na Argentina.

Partindo da América do Sul e cruzando o Oceano Pacífico Sul, os hóspedes visitarão as ilhas exóticas e paradisíacas do Taiti, na Polinésia Francesa, e Rarotonga & Aitutaki, nas Ilhas Cook. Em seguida, o itinerário continua para a Nova Zelândia e Austrália, em destinos como Auckland, Napier e Wellington, bem como dois dias em Sydney.

Mais exploração aguardam os hóspedes nas praias isoladas das ilhas Lifou & Mare, na Nova Caledônia, em Alotau com suas águas turquesa, em Papua Nova Guiné, antes de ir para a ilha de Lombok, na Indonésia. Continuando o itinerário, o navio navegará para Cingapura e Port Klang, próximo a Kuala Lumpur, na Malásia.

Antes de chegar ao Canal de Suez, os hóspedes podem conhecer mais destinos, incluindo Colombo, no Sri Lanka, e dois dias para apreciar Mumbai, na Índia, antes de chegar a Salalah, em Omã, e Aqaba, na Jordânia, para visitar a antiga Petra.

Com no máximo quatro dias consecutivos no mar, os hóspedes também desfrutarão de um total de nove pernoites em portos incluindo Rio de Janeiro (Brasil), Buenos Aires (Argentina), Ushuaia (Argentina), Valparaíso (Chile), Callao (Peru), Papeete (Taiti), Sydney (Austrália), Benoa (Indonésia) e Mumbai (Índia).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA