DESTINOS

Campo Grande busca ser protagonista em visitações no MS

Marluce Balbino
Karla Cavalcanti, gerente de Mercado da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul
Karla Cavalcanti, gerente de Mercado da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul
Ecoturismo e os mais distintos segmentos de evento são as principais marcas presentes em Mato Grosso do Sul, segundo a gerente de Mercado da Fundação de Turismo, Karla Cavalcanti. A executiva ressalta que o Estado tem investido em divulgações de Campo Grande, ampliando, assim, as opções de atividades dos visitantes.

“Os principais destinos de Mato Grosso do Sul acabam sendo Bonito e Pantanal, com Campo Grande sendo somente a conexão entre os mercados. Contudo, muitos não sabem que tem muitas coisas interessantes e divertidas para se fazer na capital, podendo estender a visita e ampliando a experiência que terão em outros pontos do Estado”, ressalta a executiva.

Entre os principais mercados brasileiros, estão São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Já no âmbito internacional, Estados Unidos, Alemanha e Inglaterra dominam por vias aéreas, enquanto Bolívia, Paraguai e Peru são responsáveis pelo maior número de turistas internacionais que chegam por meio terrestre.

De acordo com o Observatório de Turismo do Mato Grosso do Sul, foram realizados, de abril, a junho, por volta de 196 mil desembarques e 207 mil embarques e, para que este número venha a crescer ainda mais, a profissional afirma que novas negociações são realizadas com companhias aéreas. Dentre as novidades, está o voo diário entre Foz do Iguaçu (PR) e Campo Grande, que começará a ser operado em dezembro.

“Nossos visitantes buscam cultura, ecoturismo e novas experiências e esta ligação com Foz do Iguaçu é a oportunidade complementar as experiências enriquecedoras”, finaliza Karla.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA