DESTINOS

São Paulo lança campanha para atrair mais argentinos; fotos

Maior cidade da América do Sul e principal centro econômico do continente, São Paulo recebe cerca de 15 milhões de visitantes por ano, unindo os mercados nacional e internacional. Porém, este número pode ser muito maior, principalmente em relação aos estrangeiros. Com este pensamento, uma nova campanha intitulada “São Paulo, Una Ciudad Del Mundo” foi lançada nesta sexta-feira (30) com foco na Argentina, principal país emissor de turistas ao Brasil.

Marcel Buono
Toni Sando (Visite São Paulo), André Sanches (SP Turis), Teté Bezerra (Embratur), Bruno Omori (ABIH-SP) e Luiz Fernando Moraes (Cunha Vaz Brasil)
Toni Sando (Visite São Paulo), André Sanches (SP Turis), Teté Bezerra (Embratur), Bruno Omori (ABIH-SP) e Luiz Fernando Moraes (Cunha Vaz Brasil)
O projeto teve início com a união entre a ABIH e o Visite São Paulo, com o apoio de conteúdo da Embratur, responsável pela produção dos vídeos que serão divulgados no país vizinho a partir de 2019. A iniciativa visa apresentar a cidade como a grande metrópole latino-americana em relação às artes, cultura, moda, entretenimento, diversidade e gastronomia, fomentando o Turismo de lazer, que representa cerca de 25% dos viajantes que chegam à cidade.

“Esta é uma semana de dupla comemoração para nós. Primeiro pela manutenção do Ministério do Turismo, que ficou muito perto de ser extinto e acarretaria um desmonte das estruturas municipais, estaduais e federais do setor. Segundo, pelo lançamento desta campanha focada na Argentina, país responsável pelo maior volume de turistas internacionais na cidade de São Paulo”, comemorou a presidente da Embratur, Teté Bezerra.

Na segunda quinzena de janeiro ou na primeira de fevereiro, uma ação será realizada no Abastos Shopping, em Buenos Aires, onde uma cabine de 64 metros quadrados será instalada e permitirá aos visitantes uma experiência audiovisual em 360 graus dos principais atrativos da capital paulista. Sessões serão abertas ao público a cada 15 minutos, das 14h às 20h, e terão capacidade para cerca de 30 pessoas por vez.

“Os argentinos não se interessam apenas por Sol e praia, mas também pelo Turismo cultural. Acreditávamos que a complicada situação econômica dos nossos vizinhos afetaria o número de emissões, mas vimos que isso não aconteceu, provando que o nosso trabalho está sendo bem feito. O momento é de mostrar a eles que o Brasil é uma excelente opção de viagem internacional, e São Paulo reúne atrativos de todas as partes do mundo em um só lugar”, continuou Teté.

UMA VIAGEM A QUALQUER HORA
Considerado um mercado prioritário para o Brasil, a Argentina enviou mais de 2,6 milhões de turistas ao país em 2017. De acordo com dados da Embratur, os argentinos gastam, em média, US$ 56 por dia quando viajam a lazer, e US$ 111 quando vêm a trabalho. Destes, 54% são famílias, 21% são casais sem filhos, 12% são viajantes sozinhos e 11% são grupos de amigos.

“Nosso objetivo é fomentar a vinda de argentinos em qualquer época do ano, afinal, temos atividades e clima bom em todas as estações, não apenas no verão. Vamos trabalhar para reduzir a sazonalidade semanal e buscar incrementar a economia de todos os segmentos da cadeia produtiva do Turismo, gerando mais riqueza para a cidade”, comentou o presidente executivo do Visite São Paulo, Toni Sando.

“São Paulo possui hotéis para todos os gostos e bolsos. Atendemos todos os nichos do mercado e vamos incentivar a construção de pacotes para viagens em finais de semana e feriados, uma vez que a proximidade e conectividade entre os dois países facilita esse trânsito. Quanto àqueles que chegam à cidade a trabalho, queremos estimulá-los a usufruir mais de tudo o que São Paulo oferece”, completou o presidente da ABIH-SP, Bruno Omori.

Confira fotos do evento de apresentação da campanha:
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora