DESTINOS

Porto Rico começa a colher frutos de esforços pós desastres

Discover Puerto Rico/Divulgação
Região de Culebra, em Porto Rico
Região de Culebra, em Porto Rico
ANAHEIM - Os furacões Irma e Maria, que atingiram o Porto Rico no segundo semestre de 2017, deixaram no destino caribenho um rastro de destruição e espalhou imagens que chocaram o mundo. De lá para cá, o território não incorporado dos Estados Unidos focou esforços na sua total recuperação. Em meio às tentativas de retomar o cotidiano de outrora, o Turismo surgiu como uma das ferramentas para recolocar a ilha novamente de pé.

O órgão de promoção turística da ilha caribenha não existia antes dos desastres. Quase um ano após a passagem dos furacões, nascia o Discover Puerto Rico. O objetivo era bem claro: “reimaginar o destino e reposicionar sua marca”. Em conversa com jornalistas durante o IPW, o CEO do bureau, Brad Dean, relatou os esforços e as conquistas que Porto Rico obteve neste período.



Renato Machado
Brad Dean, CEO do Discover Puerto Rico
Brad Dean, CEO do Discover Puerto Rico
Em quase um ano de trabalho, o dirigente conta que o esforço maior é o de mostrar ao mercado que Porto Rico está se reerguendo e construindo uma base sólida para crescimento futuro. “Não queremos que só falem sobre o que aconteceu, mas também sobre o que está acontecendo hoje na ilha”, diz.


Com 156 hotéis e mais de dez mil apartamentos listados em plataformas de aluguel por temporada, Porto Rico tem hoje o maior inventário hoteleiro de sua história. O CVB relata que, de janeiro a abril deste ano, gastos com hotelaria alcançaram os US$ 373,6 milhões - maior valor dos últimos oito anos e 12,4% superior se comparado com 2017, período pré-furacões.


“A evidência é clara: Porto Rico passa por uma onda de recuperação jamais vista na indústria do Turismo”, celebra Dean. O executivo complementa o discurso com dados sobre o aeroporto local, que cresce em 2019 com ritmo 24% superior ao de 2018, e a indústria de cruzeiros, que também bate os valores do ano passado, em 29%.


O CEO do Discover Puerto Rico foca no pensamento de que, “diante de crises, surgem grandes oportunidades”. “Fizemos pesquisas no mercado e percebemos que a imagem de Porto Rico após os desastres não era negativa. Surpreendentemente estava neutra”, conta. Diante disso, a agência sabia que o caminho estava aberto para atuar. “Nunca o Turismo foi tão importante para Porto Rico como é agora”, define.


O Portal PANROTAS viaja a convite do IPW 2019 e da United Airlines, com proteção GTA

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA