PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Brasileiros gastarão menos com viagens em 2019; Europeus, mais

Brasileiros e norte-americanos devem gastar menos com viagens em 2019, enquanto na Europa a realidade é oposta. É o que mostra um estudo da Europ Assistance, em parceria com a Ipsos, o 19º Annual Holiday Barometer, que analisou 12 dos maiores mercados do mundo em Turismo.

Dreamstime
Segundo o levantamento, a verba disponível pelos turistas do Brasil em 2019 será entre 3% e 5% inferior à registrada em 2018, enquanto a população dos Estados Unidos reduzirá seus gastos com viagens em cerca de 10%. Países como a Bélgica e o Reino Unido também apresentarão quedas semelhantes à brasileira, porém, considerando a União Europeia, as reservas financeiras serão 3% superiores ao ano passado, com destaque para França (+10%) e Espanha (+8%).

Apesar da redução de custos, a quantidade de pessoas do Brasil e dos Estados Unidos que planeja viajar nas férias segue estável, representando 68% dos entrevistados, mesmo valor anotado no último ano. Mesmo gastando mais, a fatia de europeus que sairá de férias caiu 1%, ficando em 63%.

PREFERÊNCIAS E PREOCUPAÇÕES
Assim como foi analisado por pesquisas anteriores, o orçamento é o principal fator considerado na hora de decidir sobre uma viagem de férias. Entre os brasileiros, riscos de atentados terroristas e outras situações que podem ser prejudiciais à saúde completaram o pódio. Já para europeus e norte-americanos, o top 3 destacou as condições climáticas do destino e as atividades culturais e de lazer.

Curiosamente, os brasileiros são os que mais se preocupam com o terrorismo, com o tema sendo citado por 61% dos entrevistados. Entre os europeus, 42% responderam o mesmo, enquanto apenas 33% dos norte-americanos citaram a questão. Nos três casos, houve redução de preocupação na comparação com 2018.

Facebook/Ministère de l'intérieur
Museu do Louvre, em Paris (França), com segurança reforçada
Museu do Louvre, em Paris (França), com segurança reforçada
“Reparamos que o cenário global para as viagens de férias segue estável, com este momento do ano sendo considerado parte importante da vida dos residentes da Europa, Estados Unidos e Brasil, principalmente. Como uma fornecedora de seguros, sabemos da importância de monitorar frequentemente as preferências e as preocupações de viajantes ao redor do mundo, afinal, se há crescimento de um problema, temos que estar prontos para solucioná-lo”, comentou o CEO da Europ Assistance, Antoine Parisi.

LEIA TAMBÉM
Maioria dos brasileiros prefere perder voo à bagagem
Apenas 16% dos brasileiros têm viagem marcada para o inverno
Copa América alavanca chegada de viajantes sul-americanos no País

Ao todo, foram entrevistados mais de mil consumidores com mais de 16 anos de idade por meio de um questionário on-line. Além do Brasil, os seguintes países foram analisados: Estados Unidos, Reino Unido, Itália, França, Espanha, Suíça, Alemanha, Áustria, Portugal, Bélgica e Polônia.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA