DESTINOS

Conselho de Turismo do Rio ressalta avanços de 2019

O Conselho Estadual de Turismo do Rio de Janeiro reuniu-se na tarde desta quarta-feira (13), na sede da Fecomércio-RJ, para analisar os avanços obtidos em 2019. Temas como o Salão Estadual do Turismo, o stopover, o banco de diárias e a repercussão da assinatura do decreto que reduz o ICMS/QAV para companhias aéreas, foram os principais destaques.

Divulgação
Reunião foi realizada na sede da Fecomércio-RJ, na Zona Sul da cidade
Reunião foi realizada na sede da Fecomércio-RJ, na Zona Sul da cidade
Secretário de Turismo do Estado, Otavio Leite abriu a reunião abordando os resultados positivos da volta do Salão Estadual do Turismo, realizado em agosto. De acordo com ele, as instituições públicas e privadas que participaram do encontro ressaltaram ideias e soluções para os gargalos encontrados no Turismo brasileiro, enfatizando o desenvolvimento sustentável do setor.

Otavio também destacou as ações relacionadas às companhias aéreas com o objetivo de ampliar o número de turistas que chegam ao Rio de Janeiro, assim como a criação de um banco de diárias para a captação de eventos no Estado, uma estratégia para captar congressos, feiras, jornadas científicas e simpósios com descontos em hospedagem, bares e restaurantes.

Divulgação
Otávio Leite, ao centro, liderou reunião do Conselho de Turismo
Otávio Leite, ao centro, liderou reunião do Conselho de Turismo
“O Estado vai fazer um esforço fiscal e, ao mesmo tempo, a hotelaria vai oferecer espaços ociosos de seus aposentos para criar um banco de diárias a fim de que ele sirva como um importante instrumento na captação de eventos”, explicou o secretário de Turismo.

Sobre a redução do ICMS para o querosene de aviação, Otavio relembrou o anúncio feito pelo presidente da Gol, Paulo Kakinoff, no qual afirmou que a nova alíquota resultaria em um aumento de 17% na oferta de assentos na comparação entre 2020 e 2019.

“Estamos empenhados em fazer do Turismo algo relevante para o Rio de Janeiro e para o Brasil. O stopover, por exemplo, é uma modalidade importante que conta com a participação do trade hoteleiro e turístico, e estamos trabalhando-o com a TAP. Acredito que o Estado consiga aumentar muito o fluxo de turistas até o final de 2022”, concluiu o secretário.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA